Paranaíba, 05 de agosto
23º C
(67)99272-4655

Marfrig abate de 70 cabeças de gado na próxima segunda-feira

O objetivo é que a planta opere com sua capacidade total, que é de 600 cabeças/dia, em sua retomada das atividades no município

Por Talita Matsushita
09/09/2017 • 08h38
Compartilhar

O frigorífico Marfrig confirmou que na próxima segunda-feira (11) irá iniciar os abates na planta de Paranaíba (MS). No primeiro dia de funcionamento serão 70 cabeças que serão abatidas, número que pode chegar até 600 cabeças/dia, já que esta é a capacidade total do frigorífico. A Marfrig Global Foods é segunda maior indústria de carne bovina do Brasil.

Em conversa com o JPNEWS, Marcos Aparecido da Costa, gerente administrativo da planta em Paranaíba destaca que a carne será destinada tanto para o mercado interno, quanto para o externo, pois a planta possui autorização para exportar, e assim que reativada há autorização para enviar a carne para alguns países, porém não sabe especificamente qual será o destino da produção da cidade.

As contratações ainda estão acontecendo, conforme o gerente, que ainda destaca que não tem um número fechado de funcionários exato para informar. “Todo mundo está muito animado, além dos produtores rurais, muitas pessoas estão voltando a trabalhar aqui, então tivemos uma boa receptividade” disse.

Na segunda-feira haverá uma cerimônia para marcar a volta das atividades, diretores estarão na cidade para o primeiro dia de abate. Os telefones de contato para quem tiver interesse em negociar com a Marfrig são 3668 6121, 3668 2113 e 3668 0429.

A planta de Paranaíba estava fechada desde julho de 2015, quando 530 funcionários foram demitidos devido alegando reavaliação de negócio. Na época, muitas unidades fecharam ou deram férias coletivas devido a uma baixa do setor, que tinha menos animais para abate.

Neste ano acontece uma inversão do ciclo da pecuária de 2015. Diferente de 2015 quando houve retenção de vacas para a produção de bezerros e preços altos, agora os frigoríficos têm retomado suas produções.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS