RÁDIOS
Três Lagoas, 22 de julho

Capacitação e networking são destaques em mais uma edição do CBN em Ação

CBN Campo Grande firmou parceria com a Amcham para a realização de eventos corporativos do Grupo RCN de Comunicação

Por Lígia Sabka
07/07/2024 • 16h58
Compartilhar

Quase 300 líderes empresariais, entre empreendedores e executivos, em um só ambiente para tratar sobre a felicidade como fator estratégico nos negócios. O 20º CEO Fórum, realizado pela Amcham, em parceria com o Grupo RCN de Comunicação, por meio da CBN Campo Grande, marcou o início dos eventos corporativos do grupo no dia 18 de junho.  

Durante quase cinco horas, os especialistas falaram sobre aspectos que contribuem para que a felicidade esteja presente no ambiente de trabalho e sobre como isso se reverte em aumento de produtividade – entendimento que vem sendo construído ao longo do tempo na área da administração e, hoje, já está presente no mundo dos negócios.  Foi o que defendeu o médico, empresário, sócio e conselheiro da Vida Simples, Eugênio Mussak.

Para ele, ao longo do tempo e em nome da eficiência, o ser humano perdeu a humanidade, e chamou a atenção para a necessidade do comprometimento e dedicação no trabalho.”Só tem uma chance de estarmos felizes: é estarmos por inteiro”.  

O 20º CEO Fórum também brindou o público com a presença da especialista em felicidade corporativa Dani Plesnik. Ela defendeu que a jornada inclui a coragem para lidar com as mudanças e a necessidade de autoconhecimento, antes de tentar a revolução cultural no ambiente de trabalho e, por fim, a generosidade com base no conhecimento aprofundado e compartilhado. “Toda felicidade começa e termina com foco no aspecto humano, o resultado financeiro será sempre consequência da felicidade individual”.

Outro palestrante foi o CEO da Jundu Mineração – multinacional fornecedora de areias industriais e ligada a outras grandes marcas como Saint-Goban e Sibelco. Alexandre Brito falou sobre como a mudança de rumo na carreira dele impactou na realização pessoal e profissional. Ele tem quase 40 anos no mercado de trabalho e provocou a reflexão sobre o que deixa as pessoas felizes, resumindo a jornada em uma frase: “gente triste não é criativa”. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas