Três Lagoas, 09 de dezembro
27º C
(67) 99229-0519

Empresária tem rede social hackeada e é chantageada por golpista

Vítima mora em Três Lagoas e está desesperada com a situação

Por Redação
24/11/2021 • 09h30
Compartilhar

Os crimes virtuais estão cada vez mais constantes, em Três Lagoas, e fazendo vítimas. Dessa vez, uma rede social foi hackeada e praticamente sequestrada, sendo que a vítima está sendo chantageada pelo golpista. A empresária Carmelinda Eliza Roldão declarou estar desesperada com a situação. Ela é chefe de cozinha e utiliza a rede social para comercializar produtos, atender clientes e fornecedores.

Ela contou que no sábado (20) teve a conta do Instagram hackeada e só percebeu porque clientes informaram que havia algo errado nos valores dos pratos que eram repassados a quem tentava fazer pedido. “Uma cliente questionou o valor e foi na porta da minha casa me perguntar se era eu mesmo que estava falando com ela pela rede social. Como meus clientes já estão acostumados com os produtos e valores acharam estranho o que estava sendo oferecido pela mensagem”, contou em entrevista à reportagem.

Ela também destaca que tudo iniciou quando começou a seguir uma página de um hotel em Porto de Galinhas. Após passar a adicionar a página, não conseguiu entrar com a senha no próprio Instagram. Depois, recebeu uma mensagem no celular do golpista, que exigiu dinheiro para devolver a rede social.

Confira a reportagem abaixo:


 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews