RÁDIOS
Três Lagoas, 19 de abril

Energia furtada em Três Lagoas é suficiente para abastecer Selvíria

Para se chegar a essa marca, foram realizadas mais de 659 atuações de prevenção e combate aos desvios de energia

Por Ana Cristina Santos
24/02/2024 • 09h02
Compartilhar

No período de janeiro a dezembro de 2023, a Neoenergia Elektro realizou 659 inspeções e identificou 329 irregularidades no município de Três Lagoas, totalizando um montante de 895 mil kWh furtados e recuperados pela concessionária de energia elétrica.

Os bairros com maior número de fraudes identificadas foram: Jardim Valquírias, Jardim Atenas e Interlagos. O volume desviado seria o suficiente para abastecer 5.700 residências por um mês ou o município de Selvíria por 16 dias.

Segundo a concessionária, para se chegar a essa marca, foram realizadas mais de 659 atuações de prevenção e combate aos desvios de energia e a regularização de 16 clientes clandestinos. Esses resultados foram alcançados, conforme a Elektro, principalmente, pelo uso de tecnologias de campo, como a instalação de sensores na rede, manutenção da tele medição nos maiores consumidores e pelo uso de inteligência interna para cruzamento de dados. 

JPNEWS: BANNER RCN NOTICIAS PATROCINADO ATUALIZADO 27.03.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além disso, a concessionária diz que a população também vem se conscientizando quanto aos riscos do furto de energia e aos prejuízos que essa prática causa.

Ao longo de 2024, a empresa adiantou que vai intensificar as ações de campo com o foco no combate ao furto de energia.

DENÚNCIA

Os desvios de energia prejudicam todos os clientes, já que promovem modificações inapropriadas na rede, trazendo riscos à vida, e parte do valor da energia furtada acaba sendo pago entre todos os consumidores. Por isso, a Neoenergia Elektro reforça a importância de denunciar fraudes. As denúncias são feitas, de forma anônima, na central de atendimento, pelo 0800 701 01 02.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas