RÁDIOS
Três Lagoas, 13 de julho

Homem é deixado em terreno baldio após ter pescoço cortado

Após tentativa de degolar a vítima, criminosos teriam o esfaqueado e jogado o corpo em terreno

Por Alfredo Neto
18/06/2024 • 22h30
Compartilhar

Um homem, aparentando ter entre 30 e 40 anos, foi encontrado à beira da morte após ser esfaqueado e abandonado em um terreno baldio na noite desta terça-feira (18), na rua Antônio Jeremias, bairro Guanabara, em Três Lagoas.

Por volta das 20h20, populares avistaram a vítima sendo jogada no local por um grupo de pessoas em um carro não identificado. Após o abandono, testemunhas se aproximaram e encontraram um homem de pele clara, cabelos crespos, sem camiseta, usando bermuda jeans e com deficiências nos pés, caído no matagal e ensanguentado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foram chamados. Até a chegada das equipes de resgate, os moradores prestaram os primeiros socorros ao homem, que estava inconsciente e debilitado devido às várias lesões.

JPNEWS: BANNER  CASA DOS SONHOS CONTR. 28807 01.02 A 31.10.2024 ATUAL. 05.04.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A vítima apresentava perfurações de faca nas costas, tórax e abdômen, além de um corte no pescoço, numa tentativa de degolamento. Ele precisou ser entubado para conseguir chegar com vida ao Pronto Socorro do Hospital Auxiliadora. Após estabilizarem os sinais vitais, o Samu levou a vítima em estado gravíssimo para o centro cirúrgico do Hospital Auxiliadora.

Testemunhas relataram à Força Tática que a vítima teria sido capturada nas proximidades do Crase “Coração de Mãe”, na avenida Clodoaldo Garcia, e posteriormente abandonada no terreno por indivíduos em um carro branco.

Um boletim de ocorrência por tentativa de homicídio foi registrado, e o caso será investigado pela Polícia Civil. A vítima, sem documentos no momento do resgate, foi identificada pela mãe ao dar entrada na emergência do hospital.

José Leandro Pinto Romão dos Santos, morador do bairro Itamaraty, foi identificado pela mãe, que relatou que a última vez que viu o filho foi no dia 13 deste mês. Nesta terça-feira (18), um amigo de José Leandro informou à mãe que um grupo de pessoas o havia sequestrado próximo a um bar na Clodoaldo Garcia e fugido em direção à Vila Haro. Posteriormente, José Leandro foi encontrado entre a vida e a morte no bairro Guanabara.

ATUALIZAÇÃO

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas