Três Lagoas, 26 de outubro
26º C
(67) 99229-0519

Obras de macrodrenagem serão autorizadas neste ano

Obras vão resolver os problemas dos grandes alagamentos em bairros da cidade

Por Tatiane Simon
11/10/2021 • 08h33
Compartilhar

O prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) disse que vai autorizar ainda neste ano as obras de construção de macrodrenagem para resolver os problemas dos grandes alagamentos em bairros da cidade. A licitação já foi aberta e, segundo Guerreiro, o processo está na fase final. Tão logo seja concluído, vai autorizar a empreiteira iniciar as obras.

De acordo com o prefeito, as obras que serão executadas por meio de financiamento do município, através do Programa Saneamento para Todos, da Caixa Econômica Federal, serão feitas em duas etapas. A primeira licitação, aberta em agosto, foi orçada em R$ 34 milhões.

As obras de macrodrenagem de águas pluviais serão executadas em ruas dos bairros Chácara Imperial, Vila Haro e Jardim Primavera. Em época de chuvas intensas essas regiões ficam com as ruas alagas devido à falta de drenagem. Somente após essas obras é que a prefeitura poderá pavimentar as ruas.

JPNEWS: BANNER TRANSFORMAÇÃO DE 15.10 A 31.12.2021
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

MAIS OBRAS 
A prefeitura já abriu licitação também para a contratação de empresa interessada em executar a pavimentação de ruas nos bairros Vila Zucão e São João. O prefeito disse que nos próximos dias vai autorizar o início das obras nesses bairros também.

Nesta semana, como tem feito às quintas-feiras no RCN Notícias da TVC e rádio Cultura FM, Guerreiro esteve em mais um bairro da cidade, anunciando obras. Desta vez, falou dos investimentos em recapeamento de ruas no bairro Vila Nova. Adiantou também que nos próximos dias será a vez do Interlagos ter as ruas recapeadas.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews