Três Lagoas, 26 de setembro
28º C
(67) 99229-0519

Pescador desaparece em trecho do rio Sucuriú

Homem teria saída para recolher as redes de pesca e não retornou

Por Celso Daniel
12/06/2016 • 16h29
Compartilhar

O pescador Ademir Donizete da Silva (59) está desaparecido desde o sábado (11) em Três Lagoas. A suspeita é que ele possa ter se afogado nas águas do rio Sucuriú.

Conforme informações de familiares, o pescador – que mora no bairro Jardim Mirassol – saiu na manhã do sábado para pescar e foi até uma ilha na região das torres de comunicações, as margens do rio Sucuriu. Ele foi até a ilha onde se encontrou com um amigo e no periodo da manhã saiu com um barco a motor para colocar redes de pesca na água e depois retornou a ilha.

No horário do almoço, após a refeição, Ademir teria deitado por alguns minutos para descansar e disse ao amigo que estava sentindo dores na região do tórax. Apesar de reclamar das dores, por volta das 14h, o pescador teria dito: “vou alí e já volto” e deixou o companheiro de pesca na ilha e saiu novamente com o barco para recolher as redes. Depois a vítima não foi mais vista.

Por volta das 22h do sábado, os familiares entraram em contato com o Corpo de Bombeiros avisando do desaparecimento e as 23h30, um morador da região também ligou ao 193 e disse aos militares que um barco a deriva havia sido encontrado as margens do Rio Sucuriú. A carteira com todos os documentos pessoais de Ademir e outros pertences foram encontrados dentro da embarcação.

Na manhã deste domingo (12), uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros foi até a região e os militares realizaram uma busca na região onde as redes teriam sido esticadas pelo pescador, mas nada foi encontrado.

Ainda na tarde deste domingo, por volta das 14h, os mergulhadores retornaram as águas do Rio Sucuriú para contiuar as buscas. Nesta tarde, será realizado mergulho em uma região de maior profundidade. Um barco de resgate a vítima aquáticas esta sendo utilizado.

A reportagem está acompanhando o caso e a qualquer momento estará trazendo mais informações.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS