Três Lagoas, 20 de setembro
34º C
(67) 99229-0519

PMA fecha suinocultura em área de preservação e gerente é multado em R$ 10 mil

Flagrante ocorreu durante fiscalização na quinta-feira (29)

Por Kelly Martins
30/10/2020 • 08h21
Compartilhar

Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas multaram um gerente de fazenda, no valor de R$ 10 mil, por degradação de área protegida de matas ciliares. Durante a fiscalização fluvial, em uma propriedade às margens do Rio Verde, a equipe verificou que havia um chiqueiro com diversos porcos dentro da Área de Preservação Permanente (APP) das matas ciliares do rio, gerando degradação.

A distância a ser preservada prevista pela legislação era de 100 metros e a suinocultura estava a 70 metros do rio, segundo a PMA. Além disso, todos os dejetos dos animais eram lançados diretamente no rio. As atividades foram interditadas. Um funcionário da fazenda informou que os porcos pertenciam ao gerente, de 39 anos, que foi localizado. Os policiais determinaram ao dono que os animais fossem retirados do local e que iniciasse a recuperação da área degradada.

O gerente mora em Três Lagoas e foi autuado administrativamente. Ele também responderá por crime ambiental de degradar APP, com pena prevista de um a três anos de detenção.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS