RÁDIOS
Três Lagoas, 15 de julho

PRF apreende mais de uma tonelada de maconha em veículo roubado na BR-158

O traficante conseguiu fugir a pé em uma mata após abandonar o veículo

Por Alfredo Neto
18/11/2021 • 08h00
Compartilhar

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma tonelada de maconha, em um veículo roubado, após uma perseguição, na manhã desta quinta-feira (18), na rodovia BR-158, que liga Três Lagoas a Selvíria.

Por volta das 3h desta quinta-feira, policiais rodoviários federais realizavam monitoramento aos veículos que transitavam pela rodovia, no km 251, quando uma TrailBlazer branca passou em alta velocidade não respeitando a ordem de parada dos policiais. Percebendo que algo poderia estar errado, os policiais realizaram um acompanhamento tático ao veículo, que por várias vezes se jogou na frente dos carros e caminhões que vinham no sentido contrário.

Temendo pelo risco de causar um acidente grave e até fatal, os policiais passaram a utilizar do armamento para tentar acertar os pneus da TrailBlazer. Após alguns quilômetros de fuga em alta velocidade, o condutor do veículo acabou tendo um pneu traseiro furado por um disparo de fuzil, realizado pelos policiais.

Mesmo com o pneu furado, o criminoso tentou fugir por cerca de 2 km até uma região de fazendas, onde acabou abandonando o veículo e fugindo a pé em uma região de mata. A PRF fez buscas pelo local, mas não conseguiu localizar o criminoso. Já dentro da TrailBlazer, os policiais encontraram mil e quatro tabletes de maconha, cujo peso é superior a uma tonelada.

A droga e o veículo, que tinha registro de roubo e utilizava placas falsas, foram levados e entregues na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para tentar identificar quem é o proprietário do entorpecente.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas