RÁDIOS
Três Lagoas, 15 de julho

Secretária de Educação detalha sobre meta de alfabetização em Três Lagoas

Município teve grandes avanços no quesito educação

Por Any Galvão
19/06/2024 • 12h17
Compartilhar

Nesta quarta-feira (19), a secretária municipal de Educação, Ângela Brito, participou do programa RCN Notícias, da TVC HD, Canal 13.1, para falar sobre a meta de alfabetização em Três Lagoas.

Segundo a secretária, Três Lagoas teve um excelente desempenho na avaliação de alfabetização, superando todas as expectativas. “O resultado do município na rede municipal foi uma nota de 7.2. Isso significa que 70% dos nossos alunos estão saindo alfabetizados, o que é um grande avanço. Em anos anteriores, estávamos com notas em torno de cinco e, em 2021, nem alcançamos essa marca. Assumimos o compromisso de melhorar junto com a equipe, gestores e professores, e agora estamos entregando esses resultados no último ano do mandato do Prefeito Ângelo Guerreiro”, afirma.

Ela afirma que a educação tem avançado no município. “De acordo com a meta do estado, que era seis, já estaríamos ganhando com o nosso desempenho de 7.2. Na avaliação estadual, alcançamos 69.9, faltando apenas um décimo para atingir a meta de 70. No entanto, o resultado do município, com 7.2, é um indicador do nosso progresso e dedicação à educação”.

JPNEWS: BANNER FAMÍLIA É TUDO 14.05 A 23.12.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ângela explica que não dá para comparar a avaliação com o de outros municípios, devido ao menor número de escolas e estudantes. “Hoje, ao avaliarmos o desempenho educacional de Três Lagoas, é importante considerar o tamanho do município. Comparando com outros municípios que possuem mais de cinco escolas, Três Lagoas se destaca. Os 11 municípios que vem antes de Três Lagoas têm, no máximo, cinco escolas e um total de pouco mais de 100 alunos cada. Em contraste, Três Lagoas, sendo a terceira maior cidade do estado, avaliou 1.736 alunos. Alcançar uma média elevada com esse número significativo de estudantes mostra que fizemos um excelente trabalho”.

A meta para o próximo ano é superar a nota sete. “Estamos muito satisfeitos com os resultados, o que aumenta nosso compromisso para o próximo ano. No ano passado, incentivamos as escolas a definir metas tanto para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) quanto para a alfabetização, e elas superaram essas metas. Em uma reunião recente, compartilhei os resultados e todos ficaram muito felizes. No entanto, agora temos um novo desafio: ninguém pode ter uma média abaixo de sete", a secretária disse.

Confira a entrevista completa abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas