RÁDIOS
Três Lagoas, 16 de junho

Senai realiza reunião do Comitê Técnico da Escola Florestal para debater mão de obra

Debate reuniu gestores de empresas do setor do eucalipto para encontrar soluções para captação e qualificação de mão de obra

Por Da redação
21/05/2024 • 14h51
Compartilhar

Equipe do Senai realizou na semana passada a primeira reunião do Comitê Técnico – Escola Florestal, em Três Lagoas. O debate reuniu gestores de empresas do setor do eucalipto para encontrar soluções para captação e qualificação de mão de obra para atuar nas indústrias da região.

Os participantes listaram as principais dificuldades encontradas, além de relatar suas experiências voltadas para captação de mão de obra. Entre os problemas apresentados está a escassez e a necessidade de trazer funcionários qualificados de fora, o que acaba gerando um desconforto, pois a intenção é oportunizar trabalho para os residentes dos municípios. A parceria com o Senai visa justamente superar desafios.

Com a intenção de concretizar esse marco para uma transformação na área da educação profissional, também foi realizado debate com a gerente de Educação do Departamento Regional, Daniela Gil.

JPNEWS: BANNER  CASA DOS SONHOS CONTR. 28807 01.02 A 31.10.2024 ATUAL. 05.04.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os gestores elogiaram o esforço de cooperação em busca de um cenário favorável ao desenvolvimento da indústria florestal. “É uma iniciativa muito positiva que com certeza colheremos bons frutos. Essa união de representantes do setor é de grande valia, sabendo da grande dificuldade na captação de mão de obra”, afirmou Monica Gaspar, gestora do setor de Gente e Gestão da Suzano.

A coordenadora de Manutenção da JFI Silvicultura, Jocelaine Araujo, destacou o papel prático do comitê. “A partir disso, vamos identificar os perfis profissionais que precisamos na área florestal e que tenham uma boa qualificação”.

Também participaram do evento representantes da MS Florestal/Bracell, Eldorado e Arauco.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas