Três Lagoas, 24 de setembro
26º C
(67) 99229-0519

Sitiante é multado em R$ 16,8 mil por atear fogo em vegetação e atingir outra área

Propriedade fica às margens da BR-158 e flagrante ocorreu na quinta-feira (22)

Por Kelly Martins
23/07/2021 • 08h30
Compartilhar

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas, que trabalha na operação “Prolepse”, que atua na prevenção contra incêndios, recebeu denúncia, nesta quinta-feira (22), de que o proprietário de um sítio, às margens da BR-158, na região de Brasilândia, havia provocado incêndio na propriedade. O fogo atingiu outra propriedade vizinha. O dono da área foi multado em R$ em R$ 16.852,00.

Os policiais foram ao local e apuraram com um funcionário do sítio, que realmente o dono, de 67 anos de idade, e que exerce atividade de pecuária na propriedade, havia colocado fogo em uma vegetação e perdido o controle. As chamas se espalharam pela pastagem, onde também havia várias árvores de grande porte e vegetação de médio porte, passando para outra propriedade.

A proprietária da fazenda vizinha atingida pelo incêndio contou aos policiais que, assim que avistou a fumaça, juntou algumas pessoas para conter o fogo.

A equipe mediu a área afetada com uso de GPS, que perfez 16,85 hectares destruídos. O proprietário do sítio mora em Três Lagoas e também foi autuado administrativamente. A Portaria nº 926 de 12 de julho de 2021, do Instituo de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) proíbe qualquer prática de queima controlada em Mato Grosso do Sul por 180 dias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS