RÁDIOS
Três Lagoas, 20 de maio

Ocupação de vagas de UTI Covid chega a 100% em Três Lagoas

A alta da ocupação hospitalar ocorre em meio ao aumento de casos do novo coronavírus na cidade.

Por Kelly Martins
27/01/2022 • 11h30
Compartilhar

Os membros do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Três Lagoas voltaram a se reunir para debater o atual cenário no município com o aumento recente no número de casos de coronavírus e Influenza H3N2.

A presidente do Comitê, Angelina Zuque, destacou o aumento expressivo de casos de Covid-19 na cidade durante o mês de janeiro, somando 3.166 registros em relação aos meses anteriores, provavelmente associado a variante Ômicron que é de alta transmissibilidade.

O diretor do Hospital Auxiliadora, Marco Calderon, informou que neste momento a lotação da Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) do SUS é de 100%. São ao todo dez leitos oferecidos pelo SUS. Quatro pacientes estão internados na enfermaria. O diretor declarou estar preocupado com o aumento repentino dos casos nos últimos dias, pois até então a média de internação era de três pacientes.

O médico da Família e Comunidade e da equipe de Vigilância Epidemiológica da SMS, Vinícius de Jesus Rodrigues Neves, pontuou que além do aumento da demanda nas unidades de saúde e Unidade de Pronto Atendimento (UPA), existem muitos profissionais que atuam na linha de frente no enfrentamento à Covid-19 e Influenza A sendo afastados do serviço por estarem contaminados.

 O médico ainda alertou para os casos de pessoas infectadas que não cumprem o isolamento domiciliar colaborando desta forma para a transmissão da doença. A secretária municipal de Saúde, Elaine Furio, falou sobre o atendimento nas unidades de saúde e que o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, prorrogou os exames no Corpo de Bombeiros até o final de fevereiro em razão do aumento do número de casos, pois estava previsto anteriormente até o final de janeiro.

Diante destas informações epidemiológicas, entre os assuntos discutidos na reunião foram feitas as seguintes recomendações: 
- Intensificar as ações de prevenção como o uso de máscaras, distanciamento, higienização das mãos com álcool em gel;
- Intensificar a campanha de vacinação para otimizar a cobertura vacinal,
- Divulgar a importância do isolamento domiciliar e a necessidade de manter distanciamento para evitar a transmissão da Covid-19;
- Fiscalizar domicílios dos casos positivos/contatos que não cumprem o isolamento domiciliar;
- Solicitar sugestões e apoio dos setores empresariais para contribuir com a diminuição da transmissão da doença;
- Encaminhar ofícios, nota técnica, normativas e orientações sobre afastamento do trabalho e outros para o Ministério do Trabalho, Sindicatos e Empresas;
- Descentralizar o comunicado de afastamento das atividades laborais por síndrome gripal, resultado confirmado de Covid, para profissionais que realizam os testes nas unidades de saúde, laboratórios e farmácias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews