TRÊS LAGOAS

Três Lagoas, 05 de agosto
22º C
(67) 99229-0519
JPNEWS: CMTL AGOSTO PI 1524

Trabalhadores em educação aprovam greve e alunos permanecem sem aula

Em assembleia nesta terça-feira, trabalhadores não aprovaram a proposta do governo estadual

Por Ana Cristina Santos
25/07/2017 • 11h42
Compartilhar

Em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (25), trabalhadores em educação da Rede Estadual de Ensino de Três Lagoas, decidiram entrar em greve. Eles não aprovaram a proposta de reajuste salarial oferecida pelo governo estadual.

Nesta quarta-feira (26), a Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul (Fetems) realiza assembleia com os representantes dos sindicatos dos seus respectivos municípios para votarem a proposta do governo.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinted) de Três Lagoas, Maria Laura Castro, até a decisão da assembleia da Fetems, não haverá aula nas escolas estaduais da cidade.

O segundo semestre do ano letivo da Rede Estadual era para ter iniciado nesta terça-feira. Em Três Lagoas, porém, não teve início porque os trabalhadores já tinham aprovado indicativo de greve na semana passada.

PROPOSTA

Alguns pontos da proposta apresentada à categoria: O governo garante o pagamento do reajuste do Piso de 7,64% em 2017; mantém a convocação da mesma forma que no primeiro semestre; não haverá alteração no Estatuto dos profissionais em Educação.  Foi  estabelecido ainda com o Governo do Estado a criação de uma Comissão para debater aspectos ligados aos funcionários administrativos em educação.     

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas

VEJA MAIS