RÁDIOS
Três Lagoas, 27 de maio

Cooperativas são responsáveis por 13% do PIB no Estado

Sistema OCB/MS reúne 120 cooperativas em Mato Grosso do Sul, divididas em sete ramos

Por Karina Anunciato
28/04/2024 • 08h10
Compartilhar

E m Mato Grosso do Sul, as cooperativas assumem um papel cada vez mais relevante na economia, respondendo por 13% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. Para impulsionar ainda mais esse crescimento, o Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Mato Grosso do Sul (OCB/MS) oferece serviços de monitoramento e acompanhamento para as empresas do ramo. Somente no município de Três Lagoas há 10 cooperativas constituídas e registradas pelo Sistema OCB-MS nos ramos de agronegócio, crédito, saúde, bens e serviços e de transporte. Na Capital sul-matogrossense são 34 cooperativas, sendo as do setor de crédito com maior penetração de mercado atualmente. De acordo com o coordenador de monitoramento de cooperativas do Sistema OCB-MS, Fabrício Soares Rodrigues, esse acompanhamento é crucial para que as empresas se mantenham no caminho certo.

Qual é o papel do Sistema OCB? 

Fabrício Soares O sistema OCB é responsável por congregar as cooperativas aqui de Mato Grosso do Sul. O sindicato tem o trabalho de defender, de aprimorar a gestão das cooperativas, divulgar os dados do cooperativismo. Então, nós somos a entidade que defende, protege e também ajuda a perpetuar o cooperativismo aqui em Mato Grosso do Sul. É a casa do cooperativismo.  É importante dizer que a cooperativa é formada por, no mínimo, 20 pessoas. E, como é formada por pessoas, toda a gestão é feita de forma colaborativa e democrática. Todos os anos é realizada a Assembleia Geral Ordinária, o momento máximo das cooperativas, quando são prestadas as contas de tudo o que aconteceu de 1º de janeiro a 31 de dezembro, para todos os seus cooperados, de tudo o que foi gasto, o faturamento, as sobras. 
É uma organização que, para dar certo, precisa do envolvimento e participação de todos, cada um exercendo o seu papel, mas todos recebendo informações transparentes, compartilhadas.

JPNEWS: BANNER  CASA DOS SONHOS CONTR. 28807 01.02 A 31.10.2024 ATUAL. 05.04.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Você sendo coordenador de monitoramento de cooperativas, qual a importância de estar perto e acompanhar o processo e os resultados das cooperativas?

Fabrício Soares É importante que a gente ofereça o suporte para que elas não fiquem perdidas. Então, nós damos suporte, tanto na parte legal, para ver se a cooperativa cumpre com todos os requisitos jurídicos, quanto na parte de gestão e governança, para verificar as boas práticas para que aquela cooperativa não venha a ter problemas de administração. Também oferecemos suporte no desempenho econômico-financeiro, onde nós analisamos os balanços contábeis e os números financeiros e damos uma consultoria para poder orientá-la no seu processo administrativo, visando o lado financeiro.
 

Quem pode solicitar uma orientação ou uma consultoria de monitoramento? 

Fabrício Soares Hoje nós atendemos a dois públicos. O primeiro é formado por aqueles grupos que ainda não constituíram formalmente uma cooperativa, mas têm interesse. Então, nós fornecemos todo o passo a passo de constituição de cooperativa, plano de negócios, apoio burocrático.  O outro público reúne aquelas cooperativas que já são constituídas e que fazem parte do Sistema OCB. E eu destaco que, nesse caso, nós fazemos todo esse assessoramento de maneira gratuita para aquelas cooperativas já registradas. 

E qual é esse passo a passo para se constituir uma cooperativa?

Fabrício Soares O primeiro passo é o grupo de profissionais sentir a necessidade porque, para você constituir realmente aquele negócio, todos têm que ter uma mesma necessidade em conjunto. O segundo passo é o plano de negócios. A gente diz que errar no papel é mais barato. Então, fazer o plano de negócios, estudar o produto que vai ser lançado no mercado e, mediante esse estudo, fazer a formalização. Para essa formalização é necessário elabora um Estatuto Social. E nós fornecemos todos os modelos, fazemos também o apoio no momento da assembleia de constituição, onde o grupo vai votar e concordar com todos os critérios estabelecidos no Estatuto Social. Esses dois documentos compreendem a Ata de Constituição e o Estatuto Social e serão registrados na Junta Comercial. A partir desse momento já pode ser solicitado o CNPJ e a cooperativa estará formalmente constituída.

Mato Grosso do Sul tem se destacado pela quantidade de cooperativas formalizadas, por quê? 

Fabrício Soares Além do crescimento econômico do estado, as pessoas têm acreditado mais no modelo cooperativo. Hoje nós temos registradas mais de 120 cooperativas no nosso sistema que reúnem 450 mil cooperados e emprega quase 13 mil pessoas. As cooperativas de Mato Grosso do Sul contribuem com mais de 13% do PIB regional. Em 2023 o faturamento das cooperativas de MS ficou em torno de R$ 36 bi em todos os negócios. Em nível nacional, temos uma campanha para atingir R$ 1 trilhão até 2027 de recursos gerados pelo cooperativismo.

Serviço

Para informações sobre cooperativismo, procurar o Sistema OCB-MS pelo telefone 67 3389 0200

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas