Três Lagoas, 16 de setembro
29º C
(67) 99229-0519

Três Lagoas segue na liderança das exportações de Mato Grosso do Sul

O 'carro chefe' é a celulose, pois mais de 99% da produção do estado sai de Três Lagoas

Por Daiana Oliveira
03/08/2021 • 12h05
Compartilhar

Três Lagoas é responsável por quase 42% das exportações de Mato Grosso do Sul, na sequência vem Dourados com quase 12% e Campo Grande com pouco mais de 9%. O 'carro chefe' é a celulose, pois mais de 99% da produção de todo o estado sai de Três Lagoas.

Em 2011, Três Lagoas exportava U$ 650 milhões em mercadorias, cerca de 1,95 milhão de tonelada. Em 2020, o município já exportava U$ 1,8 milhão, quase 6 milhões em toneladas.

“Três Lagoas segue na contramão, conseguimos em mais de cinco categorias da área de indústria um saldo positivo em 2020 em detrimento a 2019 e mesmo naquele ano, com início de pandemia, tivemos um desempenho muito bom”, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Toniel Fernandes.

JPNEWS: CONQUISTA SEGUROS BONIFICAÇÃO CONTRATO 37546
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No primeiro semestre de 2021 já são mais de 2 milhões de toneladas da produção exportada, mais de U$ 800 milhões, levando em consideração a soja esmagada e outros resíduos; refrigeradores e maquinários elétricos; tecidos; elementos não metálicos; óleo de soja e celulose e papel.

Ao longo dos anos, o município teve também um aumento das exportações de óleo de soja. Atualmente, Três Lagoas é responsável por quase 50% da exportação do produto no estado de Mato Grosso do Sul.

“De 2019 para 2020 tivemos um aumento de quase 29.000% e todo esse produto produzido no município foi exportado”, informa o Toniel.

O secretário acredita que o aumento é em razão da alta demanda da produção internacional.

“O município colabora não somente com mato Grosso do Sul, mas com todo país e Três Lagoas é privilegiada para o setor industrial. A exportação arrecada representa um montante importante para a cidade e mesmo no período de pandemia mantivemos os números positivos e o mais importante, aumentando os postos de trabalho no setor” pontua o secretário.

Confira a reportagem: 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS