Três Lagoas, 19 de setembro
32º C
(67) 99229-0519

Projeto capacita membros em ‘Plano de Ação em Transparência’

Participação Social também é abordado em oficina ministrada no Rotary Clube

Por Da Redação
15/09/2017 • 18h15
Compartilhar

Com enfoque na Transparência e Participação Social, dentro dos modelos de gestão municipal, integrantes do Plano Três Lagoas Sustentável e a Secretaria Municipal de Governo e Políticas Públicas (Segov) ministrou oficina na quinta-feira (14). O evento ocorreu na Casa da Amizade do Rotary Club. Com a realização, a pasta intenciona dar continuidade às ações do Programa de Apoio à Gestão Pública e do Projeto de Transparência e Participação Social.

A participação foi aberta a representantes da sociedade civil organizada, como Sindicatos, Instituições e Conselhos Municipais, entre outros. Houve apresentação de trabalhos e discussão de propostas, previstos na execução de uma das etapas do Plano Três Lagoas Sustentável. Os trabalhos foram abertos pelo secretário de Governo e Políticas Públicas, Daynler Martins Leonel, acompanhado da diretora de Políticas Públicas e Relações Institucionais da Segov, Silvania Bersani, e do presidente da Câmara Municipal, vereador André Bittencourt (PSDB).

Segundo a direção do Três Lagoas Sustentável, esta etapa da elaboração do Plano de Ação tem base no diagnóstico de avaliação periódica dos índices de transparência e participação social na Gestão Pública do Município. “Esse trabalho vem sendo feito desde julho por um grupo, constituído por um representante de cada Secretaria e acompanhado pela Consultoria Sociedade Global, de Curitiba (PR), contratada pelo Instituto Votorantim”, informou em nota.

JPNEWS: CONQUISTA SEGUROS BONIFICAÇÃO CONTRATO 37546
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Eixos Temáticos

Na oficina de trabalhos para elaboração do Plano de Ação, os participantes foram divididos em grupos para discussão e apresentações de propostas, observando os eixos temáticos ‘Comunicação sobre Transparência; Conhecimentos e Capacitações sobre Transparência; Melhorias na Plataforma de Transparência; Integração de Informações e Grupos de Transparência; Modelo de Gestão Pública Participativa; Fortalecimento dos Conselhos e Associações; Consultas, Audiências e Conferências; Capacitação e Desenvolvimento sobre Participação Social; e Comunicação e Diálogo para a Participação Social’.

Baseados nessas propostas, os próximos passos serão a consolidação dos dados e na sequencia haverá um laboratório avançado no processo de construção do Plano de Ação em Transparência e Participação Social.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS