Três Lagoas, 18 de setembro
29º C
(67) 99229-0519

Vacina contra H1N1 acaba antes do fim da campanha em Três Lagoas

Mais de 25,2 mil doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde e Secretaria Municipal prevê que meta foi atingida

Por Kelly Martins
19/05/2016 • 12h45
Compartilhar

A Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza encerra nesta sexta-feira (20), mas as doses já se esgotaram nos postos de saúde de Três Lagoas há dois dias. Este ano, a meta é imunizar 25.236 moradores do município, que integram o grupo de risco, e a Secretaria Municipal de Saúde prevê que a cobertura vacinal foi superada.

A quantidade de doses solicitada para atender o público-alvo foi encaminhada pelo Ministério da Saúde e por conta da intensa procura, segundo o Departamento Municipal de Imunização, as vacinas acabaram antes do prazo. “Recebemos as 25.236 doses e distribuímos para os 15 postos de saúde da cidade. Mas no Centro de Especialidades Médicas (CEM) já não tem mais vacinas  e nem nas unidades. Estamos ainda recolhendo os dados e digitalizando, no entanto, acredito que vamos atingir a meta este ano”, pontuou a coordenadora do departamento, Humberta Azambuja.

Ela explica que é um trabalho minucioso, que requer detalhes e que o resultado final deverá ser anunciado nesta sexta-feira. Em 2015, Três Lagoas não atingiu a meta e vacinou apenas 66,58% da população. A ação é voltada para um grupo prioritário e se enquadram crianças de seis meses a menores de 5 anos, idosos (a partir de 60 anos), trabalhadores da área da saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, presos e funcionários do sistema prisional.

A coordenadora ressalta que não há previsão de recebimento de mais doses por parte do governo federal. Dessa forma, as pessoas que não integram o grupo prioritário deverão procurar na rede particular. As vacinas contra a gripe custam R$ 120 em Três Lagoas. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS