RÁDIOS
Campo Grande, 15 de julho

Candidatos passam manhã acompanhando votação da OAB/MS

Bitto Pereira, Rachel Magrini e Giselle Marques aguardam resultado

Por Isabelly Melo
19/11/2021 • 14h30
Compartilhar

Até às 17h desta sexta-feira (19) advogados de todo o estado votam para escolher a chapa que assumirá o comando da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS) no triênio 2022/2024.

Os candidatos à presidência Bitto Pereira, Rachel Magrini e Giselle Marques chegaram cedo à sede da OAB/MS, na Capital, para acompanhar a votação. Amparados por suas equipes, os candidatos aproveitaram o momento para distribuir adesivos e conquistar o voto dos indecisos.

Entre conversas e cumprimentos, os candidatos foram, por diversas vezes, orientados pela comissão eleitoral a não fazerem boca de urna e evitar o contato próximo dos votantes. A candidata Rachel Magrini reclamou após ser orientada a se retirar do local onde estava. “Eu vou lá dentro, mandam eu sair. Eu não vou ir para casa, estou aqui como todo mundo”, disse à presidente da Comissão Eleitoral.

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após a repreensão de Magrini, foi a vez do atual presidente da OAB/MS e apoiador de Bitto Pereira, Mansour Karmouche, ser parado pela comissão por estar sem máscara cumprimentando os votantes e fazendo considerações sobre Bitto.

“Estou há oito anos aqui e não posso cumprimentar ninguém?” questionou. Enquanto a presidente da Comissão Eleitoral, Cláudia Paniago, reforçou a necessidade de máscara e de cumprir o que foi acordado com os candidatos. 

“Por conta da questão sanitária estamos pedindo para não ficar (na fila), sem máscara então. O senhor está na fila, abordando os eleitores, sem respeitar o distanciamento”, ponderou Cláudia.

Com 10.538 profissionais aptos para votar no estado, a expectativa é que mais de seis mil advogados compareçam na sede da OAB/MS em Campo Grande, apontou Cláudia Paniago.

Sobre a eleição

A votação, que é obrigatória, começou às 9h, na sede da OAB/MS, com acesso pela rua Antônio Maria Coelho. Na capital, 23 seções estão disponíveis.

Os inscritos que não votarem podem pagar multa equivalente a 20% do valor da anuidade (R$203,63), caso não justifiquem a ausência. O prazo para apresentação da justificativa é de 60 dias, contados a partir da data da eleição, expirando na data de 17 de janeiro de 2022.

Na capital, os advogados votam somente para presidente da seccional. Já no interior, além da votação para seccional, os advogados também votam para presidente da subseção. Para votar é preciso ter em mãos documento oficial (carteira de advogado, CNH, passaporte, identidade ou carteira de trabalho).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande