Campo Grande, 26 de outubro
23º C
(67) 99229-0519

De lenços a apoio psicológico, Rede Feminina atende mulheres com câncer

Organização completa 67 anos em 2021

Por Isabelly Melo
13/10/2021 • 12h30
Compartilhar

O mês de outubro é fortemente marcado pela campanha Outubro Rosa, que visa conscientizar e alertar as mulheres, bem como a sociedade em geral, sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, além do câncer de colo do útero.

Em Campo Grande, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mato Grosso do Sul é uma importante instituição filantrópica, que ajuda as mulheres diagnosticadas com a doença. Formada por voluntárias, organização apoia pacientes oncológicas desde 1954.

Conforme a presidente, Idelice Marinho, o suporte vai desde a entrega de lenços, turbantes, sutiãs e próteses, até a doação de cestas básicas para as pacientes de baixa renda. “É feita uma triagem par saber a condição dessa mulher. Daí nós ajudamos com cesta básica e também as perucas, lenços e próteses, após a cirurgia”, explicou.

CBN: BANNER RCN 67 DE 16 A 31.10
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sediada no Hospital de Câncer de Campo Grande Alfredo Abrão (HCAA), a Rede recebe ainda pacientes vindos do interior de Mato Grosso do Sul, através da Casa de Apoio. Localizada na rua Perseverança, 391, o local possui 32 leitos e computa, em média, 1.400 diárias por ano.

“É feita a triagem, se identificar que (a paciente) não pode pagar um hotel nós acolhemos lá. Se precisar inclusive de medicamentos, que não tenham na rede SUS, nós também compramos”, contou Idelice.

Para manter a assistência as pacientes, a Rede Feminina de Combate ao Câncer mantém ativo o bazar de roupas, calçados e acessórios, além da venda de produtos feitos pelas voluntárias, como tapetes, caneca e ainda blusas, guarda-chuvas e outros.

Acompanhe mais informações no site redefemininacgms.org.br, ou pelo telefone (67) 3324-7676. Além das redes sociais da rede, no facebook.com/redefemininams e no Instagram @redefemininacg.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande