RÁDIOS
Campo Grande, 14 de julho

Dúvidas sobre a dose de reforço contra Covid-19? Veja como funciona em MS

Secretaria de Estado de Saúde explica novas diretrizes do Ministério da Saúde

Por Marcus Moura e Loraine França
18/11/2021 • 13h00
Compartilhar

O Ministério da Saúde anunciou na terça-feira (16), que todas as pessoas com mais de 18 anos de idade, podem tomar a terceira dose da vacina contra covid-19. Com a liberação, estados e municípios já adiantam seus cronogramas de vacinação e ampliaram o público.

O anúncio causou algumas dúvidas na população e para entender como funciona o esquema de aplicação da terceira dose, a CBN Campo Grande separou alguns questionamentos:

- Quando devo tomar a terceira dose?

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

SES - Em Mato Grosso do Sul, podem tomar a terceira dose as pessoas com 18 anos ou mais que receberam a segunda dose há quatro meses. O intervalo entre segunda e terceira dose estabelecido pelo ministério da saúde é de cinco meses, mas, aqui no estado, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) liberou com intervalo de quatro meses. Esse prazo vale apenas para quem tomou as vacinas Coronavac, Astrazeneca e Pfizer.  

Para as pessoas que se vacinaram com a dose única da Janssen, o ministério da saúde anunciou que uma segunda dose desse imunizante será aplicada e o intervalo mínimo entre as duas doses é de dois meses. A secretaria ainda aguarda confirmação do ministério da saúde sobre envio de novas doses da Janssen.

Voltando para a terceira dose das outras vacinas, cada cidade amplia seu público-alvo de acordo com a disponibilidade de doses. Em Campo Grande, por enquanto, a terceira dose está disponível para pessoas que tenham mais de 50 anos de idade e tomaram a segunda dose das vacinas da Coronavac, Astrazeneca e Pfizer até 18 de julho. Você deve procurar a secretaria de saúde do seu município e se informar sobre o cronograma da sua cidade.

- Qual vacina vou receber na terceira dose?

SES - No Brasil, a terceira dose é feita com a vacina da Pfizer ou da Astrazeneca, mas o importante é que, independente do imunizante, você procure um local para receber a terceira dose e aumentar a proteção contra a covid-19.

- Como fica a situação das gestantes?

SES - As gestantes são vacinadas com o imunizante da Pfizer ou Coronavac, mas o mais comum é o Pfizer. Mesmo para quem não estava gestante, recebeu vacina de outro laboratório, e depois, engravidou, a dose de reforço deve ser feita com Pfizer ou Coronavac. A SES alerta para que essas mulheres conversem com seus médicos e tenham liberação para se vacinar. Os imunizantes da Janssen e da Astrazeneca não são recomendados para quem está grávida.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande