RÁDIOS
Campo Grande, 18 de junho

Internos da Penitenciária de Três Lagoas confeccionam mantas para doar ao RS

Os reeducandos do presídio de segurança média integram a oficina de costura da unidade prisional. Foram produzidas pelo menos mil mantas destinadas às vítimas das enchentes

Por Redação
10/06/2024 • 08h30
Compartilhar

Internos da Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas (PSMTL) confeccionaram pelo menos mil mantas destinadas às vítimas das recentes enchentes no Rio Grande do Sul. A ação resulta de parceria da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Associação do Aprendizado Ressocialização e Trabalho do Apenado(Ong Artaban), que uniram forças para auxiliar os gaúchos em um momento de grande necessidade.

A parceria, que já existe para a ocupação dos internos na oficina de costura da penitenciária, desta vez direcionou seus esforços para a produção de mantas. Vinte e cinco reeducandos estiveram envolvidos na confecção, desviando-se temporariamente de suas atividades rotineiras, que incluem a produção de uniformes escolares e outras peças de vestuário.

Esse trabalho não apenas oferece uma ocupação produtiva aos internos, mas também proporciona benefícios concretos: eles recebem 3/4 do salário mínimo e têm um dia de pena reduzido a cada três dias de trabalho.

“É um orgulho ver nossos reeducandos se dedicando a uma causa tão nobre. Este projeto mostra que, mesmo em um ambiente de privação de liberdade, é possível contribuir de maneira significativa para a sociedade”, comentou o diretor da PSMTL, Walter Medeiros.

Para a presidente da Ong Artaban, Eronita Boeira, o “pequeno gesto” foi uma forma encontrada para ajudar a levar alívio e aquecer o coração dos nossos irmãos gaúchos.

Todo o material utilizado foi fornecido pela nossa organização, e ver o resultado desse esforço coletivo é realmente gratificante.

As mantas já foram enviadas ao Rio Grande do Sul, onde estão sendo distribuídas às famílias afetadas pelas enchentes. Esta ação reforça a importância de iniciativas que promovam a solidariedade e a ressocialização, mostrando que a colaboração entre órgãos públicos e organizações não governamentais pode trazer benefícios significativos para toda a sociedade.

* Com informações Agepen

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande