RÁDIOS
Campo Grande, 16 de junho

Mais de 20 empresas vão ofertar produtos sem imposto na capital

Ação faz parte de mais uma edição do Feirão do Imposto, realizado pelo Conselho de Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG)

Por Gerson Wassouf
22/05/2024 • 08h30
Compartilhar

Teve início em Campo Grande mais uma edição do Feirão do Imposto, iniciativa realizada pelo Conselho de Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Durante esta semana, mais de 20 empresas dos segmentos alimentício, cosméticos, vestuário, farmacêutico, acessórios, serviços de beleza, entre outros, participam da iniciativa.

"A nossa expectativa está bem alta, esperamos impactar este ano mais de 10 mil pessoas. Teremos também uma ação lúdica no Patio Central, teremos o touro mecânico, tudo adesivado com as informações tributárias, simbolizando o sistema tributário brasileiro e que estará disponível para as pessoas montarem, o intuito é ver quanto tempo o empresário ou o trabalhador fica em cima do touro, ou seja, o que queremos demonstrar nessa analogia é quanto tempo ele aguenta pagando os impostos", afirmou a coordenadora do Feirão do Imposto 2024, Beatriz Jhonson.

A maior parte das empresas fará a ação no sábado, considerado o Dia D do Feirão do Imposto. Além de Mato Grosso do Sul, outros 16 estados brasileiros estão participando da campanha, criada pela Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje), a fim de chamar a atenção para os altos impostos que afetam o dia a dia dos cidadãos e dos negócios.

Nas lojas dos segmentos de joias e roupas íntimas da empresária Amanda Cardinal, os descontos chegam até 60 reais por conta das retirada dos impostos e a empresária conta porque decidiu participar da ação neste ano.

"Nós gostaríamos de mostrar a diferença, o quanto que a gente paga de imposto, quanto que sai para o consumidor final, quanto que o logista tem que arcar para poder trazer esse produto com uma qualidade boa e que o consumidor tenha desejo por ele, independente do valor, ainda mais quando ele nem sabe o valor que ele está pagando de imposto. Então a gente gostaria de esclarecer isso para aquelas pessoas que ainda não têm esse conhecimento. Nós estamos disponibilizando 10 produtos nas semijoias diversificados e cinco de fitness também diversificados", contou a empresária.

Mais lojas vão participar também em um shopping na região central de Campo Grande.

"Até o momento, nós temos a participação de mais de 10 lojistas, isso contemplando desde praça de alimentação, até vestuário, calçado e acessórios. Essa realmente é uma data muito importante, não só para o comércio, mas principalmente para o varejo, que tem uma nova forma de trazer fluxo e tem um direcionamento e, lógico, obviamente, melhorar as vendas nesse momento, com produtos mais baratos", concluiu o Coordenador de Marketing Pátio Central Shopping, Wesley Araújo.

Dia D

Exclusivamente no sábado (25/05), Dia D do Feirão do Imposto, outros 17 estabelecimentos comerciais participarão da iniciativa vendendo produtos a preços reduzidos.

Carga tributária

Segundo informações do Impostômetro, até 20 de maio, os brasileiros já pagaram R$ 1,4 trilhão em impostos aos governos federais, estaduais e municipais. E os sul-mato-grossenses foram os responsáveis por arrecadar mais de R$ 1,5 bilhão desse montante.

CLIQUE AQUI e siga nosso canal de notícias no WhatsApp.

Para sugerir pautas ou enviar vídeos e imagens, 
salve nosso número 67 9932 3500

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande