RÁDIOS
Campo Grande, 22 de abril

Mundo está à beira do desastre climático

2023 foi o ano mais quente dos últimos 125 mil anos, e apenas 30% da energia global se tornou renovável

Por Fernando de Carvalho
28/02/2024 • 10h30
Compartilhar

Na coluna CBN Cidadania e Sustentabilidade desta quarta-feira (28), Matheus Barros comentou que um relatório do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) revelou que 2023 foi o ano mais quente dos últimos 125 mil anos, com todas as temperaturas medidas no planeta apresentando uma média de 1,5°C acima dos níveis pré-industriais.

Em 50 anos, apenas 30% da energia global se tornou renovável, enquanto governos ainda subsidiam a indústria do petróleo com 7 trilhões de dólares – mais do que o dobro do investimento em energias limpas.

Confira a coluna na íntegra:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande