RÁDIOS
Campo Grande, 20 de maio

Queda da temperatura superlota unidades de saúde em Ponta Porã

Hospital Regional de Ponta Porã e Hospital da Cassems registram aumento preocupante na procura de atendimento por pacientes com problemas respiratórios

Por Carlos Manfort
14/05/2024 • 08h30
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

Nas últimas duas semanas, centenas de pessoas com sintomas respiratórios têm procurado atendimento médico, diariamente, nas unidades de saúde de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

As oscilações bruscas no tempo registradas neste outono têm contribuído para o aumento dos casos gripais. Nesta terça-feira (14), por volta de 05h a temperatura era de 11ºC, quando em dias anteriores os termômetros amanheciam entre 18 ºC e 20 ºC. E, ao longo do dia, ficavam na casa dos 30 ºC.

Nessa segunda-feira, o tempo começou a mudar no meio da tarde, com neblina, e, à noite, a temperatura caiu muito. Somente o hospital regional de Ponta Porã recebeu 64 pacientes com sintomas respiratórios no dia de ontem.

O frio cancelou o desfile cívico previsto para esta terça-feira na cidade vizinha de Pedro Juan Caballero, em comemoração aos 213 anos da Independência do Paraguai. Hoje, 14 de maio, é feriado no lado paraguaio da fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande