RÁDIOS
Campo Grande, 22 de julho

Registros de feminicídios diminuíram quase 90% na Capital

Foram nove casos contabilizados em 2020 e um neste ano, segundo a Sejusp

Por Giovanna Dauzacker
23/11/2021 • 16h00
Compartilhar

O número de feminicídios registrados caiu 88,9% em Campo Grande neste ano, segundo o levantamento feito pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp). No ano passado, foram nove assassinatos de mulheres e em 2021 apenas um.

A delegada da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), Elaine Benicasa, atribui essa queda à divulgação de informações pela rede de atendimento. “Para que chegue à vítima de uma forma rápida, clara, direta, concisa, tanto por meio das redes sociais, imprensa, como através de palestras, fazendo com que a mulher se fortaleça, se empodere e leve a situação até a delegacia, peça medidas protetivas e outras medidas como o acolhimento, evitando assim a consumação desse feminicídio”.

Já os homicídios tiveram redução de 15% no mesmo período, passando de 100 para 85 casos, sendo os culposos no trânsito tendo queda de 8%. Além desses, crimes de roubo seguido de morte, roubo a comércios, furtos de veículos e roubos em vias urbanas também tiveram baixa de 40%, 16,5%, 9,1% e 8,7%, respectivamente.

No geral, em Mato Grosso do Sul, tiveram quedas roubos seguidos de morte, de 23,1%, roubos ao comércio, de 14,2% e roubos em via urbana, de 10,8%. Os casos de assassinatos de mulheres se mantiveram em 29 nos dois anos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande