RÁDIOS
Campo Grande, 26 de junho

Restituição do 1º lote do IRPF 2022 passará de R$ 79 milhões em MS

No próximo dia 31 de maio 41.800 contribuintes receberão a restituição do Imposto de Renda

Por Isabelly Melo
24/05/2022 • 16h06
Compartilhar

Em Mato Grosso do Sul, 41.800 contribuintes receberão R$ 79.165.919,58 com o pagamento do primeiro lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2022 no próximo dia 31 de maio, conforme a Receita Estadual. A consulta ao primeiro lote de restituição foi aberta nesta terça-feira (24).

Ao todo, serão liberados cinco lotes de restituições, sendo o 1º lote em 31 de maio; 2º lote no dia 30 de junho; 3º lote em 29 de julho; 4º lote em 31 de agosto; e o 5º lote no dia 30 de setembro. A ordem dos pagamentos é definida pela data de transmissão da declaração, respeitadas as prioridades definidas em lei.

Conforme a Receita, o 1º lote tem como prioridade idosos; contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério; e demais contribuintes. Dados do Governo Federal apontam que, no Brasil, 3.383.969 de pessoas possuem algum tipo de prioridade, sendo 226.934 idosos acima de 80 anos, 2.305.412 entre 60 e 79 anos, outros 14.016 brasileiros com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 702.607 pessoas que tem a maior fonte de renda pelo magistério

TODAS AS PRAÇAS: BANNER FORUM CBN
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dentro do montante total, serão contemplados ainda as restituições residuais de exercícios anteriores, chegando a R$ 6,3 bilhões.

Como consultar o lote de restituição?

Acesse o portal da Receita Federal na internet (clique aqui para acessar), vá até a aba “Meu Imposto de Renda”, depois clique em “Consultar a restituição” para abrir a página do gov.br e iniciar a consulta à restituição de imposto de renda (DIRPF).

No portal, é possível obter a consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, através do e-CAC. Caso o contribuinte identifique alguma pendência na documentação é possível retificar o documento no ato.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande