RÁDIOS
Campo Grande, 30 de junho

Qualificação profissional é uma das metas de Rose Modesto para a geração de empregos em MS

Pré-candidata ao governo do Estado enfatiza o poder da Educação e a valorização profissional para resolver grande parte dos problemas atuais

Por Redação CBN CG
30/05/2022 • 12h00
Compartilhar

A pré-candidata ao governo de Mato Grosso do Sul pelo União Brasil, Rose Modesto, encerrou nesta segunda-feira (30) a rodada de entrevistas promovida pela rádio CBN Campo Grande neste período de pré-campanha. Rose, que atualmente ocupa o cargo de deputada federal, destacou que pretende fazer uma gestão mais humanizada, com valorização de professores e administrativos, caso seja eleita em outubro, e enfatizou que não está na política para fazer carreira.

A pré-candidata disse que um dos grandes desafios em Mato Grosso do Sul é a segurança pública e que pretente aumentar o efetivo policial militar e civil no Estado. No setor social, a proposta é ajudar os municípios a fortalecer a prevenção à dependência química, além de investir no atendimento à saúde mental e, ainda, em cursos profissionalizantes voltados, principalmente, para a juventude, em uma parceria com o setor privado. 

Rose ressaltou também que "nenhum governo vai conseguir resolver todos os problemas que estão aí", mas algumas áreas devem ser priorizadas como a da Educação, com mais investimentos em escolas de tempo integral, em cursos técnicos e na oferta de tecnologia. Na Saúde a proposta é fazer uma força-tarefa com os municípios para garantir atendimento adequado à população.

Nos setores logístico e conômico, a pré-candidata revelou que é preciso articulação política para a viabilidade da Ferroeste e defendeu o incentivo fiscal tanto para o empresariado local quanto para a atração de novas indústrias, além de investimentos em qualificação profissional em parceria com o setor privado para fomentar a geração de empregos.

Assista abaixo a entrevista completa:

 

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande