RÁDIOS
Campo Grande, 22 de abril

Sociólogo Paulo Cabral morre em Campo Grande

Ele tinha 75 anos, era paulista e vivia em Campo Grande há mais de quatro décadas. Também era advogado e professor.

Por Chris Reis e Lígia Sabka
27/02/2024 • 11h00
Compartilhar

Morreu na manhã desta terça-feira (27),  na Capital, o sociólogo, advogado e professor Paulo Eduardo Cabral. Ele tinha 75 anos de idade e estava em tratamento de câncer. O velório teve início às 10h, na capela  Jardim  das Palmeiras, na Avenida Tamandaré, região norte da cidade. O sepultamento está previsto para às 16h no cemitério Jardim das Palmeiras. 

Um grande intelectual, o professor Paulo Cabral era paulistano, mas vivia em Campo Grande há mais de 40 anos onde atuou nas áreas de educação, saúde e relações sociais, em instituições públicas e privadas. Como professor, lecionou em quase todos os graus de ensino, exceto da 1ª à 4ª séries do  fundamental.

Paulo Cabral tem textos publicados sobre a Constituição, sobre Campo Grande, educação escolar indígena, história da Unaes, história da Uniderp, educação médica, além de centenas de artigos na imprensa local.

Associado efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul por mais de três décadas, presidiu a instituição no período de novembro de 2016 a dezembro de 2018, iniciou o processo de transição inaugurando nova fase na trajetória da instituição. 

Uma referência para a imprensa de Campo Grande, fonte séria, comprometida e com profundo conhecimento sobre os aspectos sociais, as relações e os padrões de comportamento da sociedade. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande