RÁDIOS
Três Lagoas, 21 de janeiro
30º C

Ação preventiva da PM leva trio para a Depac e apreende ferramentas utilizadas em furtos

Com o trio, a PM apreendeu alicates e chaves de fenda, além de facas e cachimbo para crack

Por Alfredo Neto
14/01/2022 • 09h00
Compartilhar

A Polícia Militar conduziu três pessoas para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) após Força Tática localizar com o trio ferramentas utilizadas em arrombamentos de lojas, durante a madrugada desta sexta-feira (14), na área central de Três Lagoas.

A primeira abordagem bem sucedida foi da Força Tática, às 02h desta madrugada. Os militares realizavam rondas pela rua Zuleide Perez Tabox, na área central, quando visualizaram um viciado em drogas e velho conhecido da polícia, por realizar furtos rotineiramente, andado de forma suspeita.

A fim de reprimir ações delituosas, os militares da Força Tática resolveram abordar o suspeito I.I.S.S. de 24 anos. Com ele foi encontrado uma sacola de pano e no interior, os militares encontraram alicates, duas chaves de boca (bitola 13, e bitola 14), além de duas facas e um cachimbo artesanal para fumar crack. Ao ser perguntado onde conseguiu as ferramentas e o que iria fazer com elas, I.I.S.S. não soube explicar.

JPNEWS: BANNER ESTOQUE C 38031 E 11.11.21 A 10.11.22
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O suspeito já havia sido preso no mês de dezembro do ano passado por invadir e furtar uma gráfica. Em janeiro deste ano teria sido novamente conduzido pela PM para à delegacia, após ser flagrado com drogas para o consumo pessoal. Sabendo que a intenção de I.I.S.S. era realizar furtos utilizando as ferramentas, os militares da Força Tática o conduziram até a delegacia para que o mesmo esclarecesse a procedência dos produtos. Mas na Depac, o homem não conseguiu e foi autuado por posse não justificada de instrumento empregado usualmente na prática de furtos.

Uma hora depois, na avenida Eloy Chaves, no Centro, a Rádio Patrulha localizou um casal que ao ver a PM correreu e tentou disfarçar em um banco de concreto no canteiro central. O homem de 21 anos identificado como D.P.S, e a mulher, D.A.D.S. de 29 anos, ambos usuários de crack e autores de diversos furtos, estavam com uma bolsa que dentro foram encontrados dois alicates, uma chave de fenda, duas facas e uma tesoura, materiais utilizados no furto de fios de cobre.

Ao serem questionados sobre as ferramentas, o casal disse que achou em um lixo nas proximidades do Exercito Brasileiro. Os militares optaram em conduzir o casal para a Depac, onde ambos também não conseguiram explicar muito bem a história. Os dois foram autuados por posse não justificada de instrumento empregado usualmente na prática de furtos.

A ação preventiva da Polícia Militar impediu que lojas ou residência tivessem danos e furtos, devido a condução dos três suspeitos que frequentemente causam prejuízos para os três-lagoenses arrombando casas e lojas, para realizarem furtos e assim conseguirem renda para comprar crack.

Infelizmente mesmo com a ação preventiva da PM e com a autuação legal por parte da Polícia Civil, a lei não prevê restrição de liberdade para viciados em drogas que cometem delitos dessa natureza, pelo texto da lei intender que não houve risco ou grande prejuízo para as vítimas.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews