RÁDIOS
Três Lagoas, 16 de junho

Câmeras serão instaladas em praças, escolas e postos de saúde

Prefeitura vai ampliar sistema de videomonitoramento nas repartições públicas de Três Lagoas

Por Ana Cristina Santos
18/05/2024 • 08h31
Compartilhar

A Prefeitura de Três Lagoas vai ampliar o sistema de videomonitoramento que já começou a ser implantado nas vias públicas da cidade com a instalação de 210 câmeras em pontos estratégicos de ruas e avenidas. Segundo o secretário de Administração, Gilmar Tabone, um novo contrato já está  em análise para a ampliação do sistema, que prevê a instalação de câmeras em repartições públicas e praças.

A ideia, conforme o secretário, é instalar câmeras, inclusive, com sistema de áudio, em postos de saúde e escolas. Atualmente, as repartições públicas do município já contam com 900 câmeras e a intenção, conforme Tabone, é instalar mais 160 equipamentos na parte interna de algumas unidades e também em praças públicas. “Um novo contrato deve ser licitado nos próximos dias para ampliar o sistema de monitoramento interno da prefeitura”, destacou.

O secretário de Administração adiantou que será incluído no novo contrato câmeras com sistema de captação de áudio para fazer um monitoramento mais apurado e garantir um melhor atendimento nas repartições públicas, tanto para os cidadãos, quanto para os servidores que, às vezes, também são vítimas de ofensas e xingamentos. “Você garante que, o servidor que está ali, esteja contribuindo e fazendo um bom atendimento, e também inibe alguns casos de pessoas que procuram nossos departamentos de forma agressiva, com desrespeito ao servidor”, comentou.

JPNEWS: BANNER FESTIVAL BEER EM BLUES 14/05 A 06.07.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

RUAS 
Nas vias públicas, a empresa Camerite foi contratada pela prefeitura pelo valor de R$ 2,5 milhões para realizar a instalação de 210 câmeras.  “A empresa já está operando na instalação há 30 dias, e eles garantem que nos entregam as câmeras prontas antes do prazo. Acreditamos que até o final de junho ou começo de julho, os equipamentos já estejam funcionando”, informou o secretário.

Conforme o contrato, o prazo para a conclusão e ativação de todos equipamentos é de 90 dias, junto com uma nova central de monitoramento que será gerida pelo 2º Batalhão da Polícia Militar.  Estão sendo instalados dois tipos de câmeras com diferentes tecnologias. Um tipo permite a leitura de placas de veículos, embora não tenha função de aplicar multas. O outro utiliza inteligência artificial para buscas aprimoradas, como a identificação de veículos com base em características, mesmo sem a leitura da placa. Das 210, segundo Tabone, cinco possuem tecnologia de reconhecimento facial.

Veja a reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas