RÁDIOS
Três Lagoas, 21 de maio

Consumidores devem gastar menos com presente para o Dia das Mães

A estimativa é de que as celebrações movimentem R$ 9,6 milhões, quase dois milhões a menos que o ano anterior

Por Emerson Wiliam
18/04/2024 • 11h16
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

Em 2024, o Dia das Mães será celebrado no dia 12 de maio. E falando menos de um mês para esse dia, o setor do comércio já se prepara para as vendas que sempre movimentam a economia nesta época do ano.

Porém, consumidores três-lagoenses vão comemorar menos e gastar menos neste Dia das Mães, segundo a pesquisa da Fecomércio, onde aponta que 75% das pessoas vão comemorar a data, mas apenas 67% delas têm intenção de comprar presente.

Apesar de haver um aumento de 7% em relação a intenção de compra no comparativo com o ano de 2023, os consumidores devem investir, em média, 209 reais na compra de presentes, 21% a menos que no ano passado.

TODAS AS PRAÇAS: BANNER BRILHANTE ATÉ 31.12.24
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A cabelereira, Eliana de Souza, vai aproveitar este ano para dar a mãe dela o presente que tanto deseja. “Eu pretendo desembolsar uns R$ 300 a R$ 400 para comprar um jogo de panelas bom com umas dez peças, para minha mãe. É importante ter sempre uma lembrança para agradar ela”, contou.

Neste ano, as vendas devem movimentar em torno de R$ 9 milhões no comércio de Três Lagoas. Em 2023, foram R$ 10,4 milhões. Porém, as comemorações podem ter queda de 11% em relação ao ano passado. A pesquisa da aponta ainda que os três-lagoenses pretendem desembolsar até R$ 219 em eventos para o Dia das Mães, 4% a menos em comparação a 2023.

A estimativa é de que as celebrações movimentem R$ 9,6 milhões, quase dois milhões a menos que o ano anterior. Já em Mato Grosso do Sul, a expectativa é de que as comemorações fomentem R$ 138 milhões, neste ano, dez milhões a menos que em 2023.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Três Lagoas, Sueide Torres, acredita que os números mais baixos não devem afetar o setor. E devido a importância da data, o comércio tem buscado se preparar para se superar nas vendas em relação ao ano passado.

“Nós temos conversado toda semana com os comerciantes e informaram que querem trabalhar em 1 de maio. Então nós estamos notando que há uma grande disposição dos empresários e lojistas para que os consumidores compram”, explicou Sueide Torres

A pesquisa também revela que, neste ano, os filhos têm considerado presentes de uma melhor qualidade e com maior influência de escolha por parte da mãe. O setor de moda e beleza deve ser o mais buscado pelos consumidores e vendas físicas, como explicou a economista Regiane de Oliveira.

“87% dos consumidores do estado de Mato Grosso do Sul ainda preferem comprar em lojas físicas. Lógico que tem um espaço para o comércio online. Às vezes o consumidor escolhe de forma online, mas conclui a compra de forma presencial”, explicou a economista.

Confira na reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas