RÁDIOS
Três Lagoas, 18 de julho

Contra a reforma da Previdência, trabalhadores vão interditar rodovia

Em Três Lagoas, movimento unificado vai interditar a avenida Ranulpho Marques Leal

Por Ana Cristina Santos
12/06/2019 • 06h02
Compartilhar

Em protesto contra a reforma da Previdência, sindicatos de todo o Brasil organizam uma greve geral  nesta sexta-feira (14) com duração prevista de 24 horas.

Além da reforma da Previdência, trabalhadores em educação vão protestar também contra o corte de verbas para a área, entre outras reivindicações.

Em Três Lagoas, o movimento unificado começa às 6h, com a interdição da avenida Ranulpho Marques Leal, nas imediações do campus 2 da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Em assembleia realizada nesta terça-feira (11), trabalhadores em educação decidiram que vão aderir à greve geral. Por conta disso, não haverá aula nas escolas públicas nesta sexta-feira.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas