RÁDIOS
Três Lagoas, 16 de junho

Distúrbios emocionais podem causar doenças de pele

Ao menos sete doenças de pele podem ser desencadeadas por sobrecarga emocional, apontam especialistas

Por Emerson William
23/05/2024 • 14h19
Compartilhar

Muitas doenças de pele podem ser causadas por efeitos que estão ligados aos fatores emocionais. Uma sobrecarga de estresse, por exemplo, pode fazer com que o corpo reaja de uma forma inesperada.

É como dizem, se o nosso psicológico não está bem, nada vai bem. E se não tratarmos o nosso bem estar emocional, ele pode evoluir de dentro para fora do corpo, com doenças que são desencadeadas pelos distúrbios emocionais.

Esse foi o caso da autônoma, Andréia Souza, que há algum tempo estava com o emocional abalado, o corpo dela foi dando sinais de algo que não estava bem, até que um dia tudo mudou. 

JPNEWS: BANNER  CASA DOS SONHOS CONTR. 28807 01.02 A 31.10.2024 ATUAL. 05.04.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Quando eu me dei conta, eu não consegui esconder, a maquiagem não escondia, a base não escondia, nada escondia as lesões. Com isso, meu emocional ficava mais abalado, porque eu não queria sair de casa, não queria conviver com as pessoas, não queria ir no mercado. Eu tive que parar com a minha profissão”, contou Andréia.

Andréia buscou a ajuda de profissionais médicos para entender o que estava acontecendo com o próprio corpo, foram dias de consultas e exames até receber o diagnóstico correto e iniciar o tratamento, o que foi um alívio.

A psoríase veio como um baque para Andréia, e ela precisou se abrir para a terapia, que antes era contra, para receber a ajuda que precisava. Em muitos casos, o corpo vai dando os sinais de que a doença está se manifestando, mas muitas pessoas não percebem, como explicou a psicóloga Cláudia Moreira.

“É uma sobrecarga emocional, abala o psíquico, que vai sobrecarregando. Os sintomas inicias são leves, os quais as pessoas, geralmente, não prestam atenção. Por conhecer e entender esse bastidor da mente e, também, por não ter esse nível de consciência, que está por trás das maiorias das doenças em si. Então a pessoa não dá atenção”, explicou a psicóloga Cláudia Moreira.   

Além da psoríase, os distúrbios emocionais também podem causar outras doenças de pele chamadas de dermatoses, sendo as principais o vitiligo, a dermatite atópica e seborréica, urticária, acne emocional e também podem ocasionar queda de cabelo.

A dermatologia explica que a ligação embrionária entre algumas camadas da pele e o sistema nervoso central tem são correlacionadas pelas origens de cada uma. O fator emocional é a principal causa do surgimento destas dermatoses, mas as pessoas que as desenvolvem já são pré-dispostas, como explicou a dermatologista, Maria Angélica Gorga.

“Essa manifestação na pele está diretamente relacionada com a pré-disposição genética. Então, por exemplo, se a pessoa tem tendência se ter uma doença genética de autoimune como psoríase ela vai ser desencadeada e agravada com desequilíbrio emocional”, explicou a dermatologista, Maria Angélica.

O melhor método para quem está passando por esta situação é um tratamento combinado, que envolve profissionais da psicologia, dermatologia e caso for recomendado, da psiquiatria. Mas muitas pessoas acabam tratando estas doenças como se fosse estética, o que pode ser danoso, como avalia a dermatologista.

Pessoas com uma sobrecarga emocional também podem desenvolver as psicodermatoses, que são causadas por lesões na pele provocadas pela própria pessoa, como uma forma de se aliviar do estresse emocional. Estas feridas também precisam de cuidados médicos adequados.

O acompanhamento profissional é indispensável para o tratamento de casos como estes, o tratamento pode prevenir a evolução dos quadros emocionais já agravados e evitar maiores lesões na pele ou o avanço destas dermatoses, a psicóloga adverte para uma sobrecarga destas emoções, que pode se acumular, caso a pessoa não busque uma ajuda profissional.

Confira a reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas