RÁDIOS
Três Lagoas, 15 de julho

Gasolina chega a R$ 5,78 em Três Lagoas após reajuste

Segundo a estatal, esse é o primeiro reajuste deste ano

Por Sidney Cardoso
10/07/2024 • 10h19
Compartilhar

Quem já foi abastecer nos postos de combustíveis em Três Lagoas já sentiu no bolso o reajuste do preço da gasolina anunciado pela estatal e que já estar em vigor desde terça-feira (8). O aumento de R$ 0,20 centavos no litro da gasolina não agradou os motoristas.

Com o reajuste de 7,12%, o preço da gasolina para as destruidoras passou a ser de R$ 3,01, por litro. Mas na bomba no posto o preço é outro, devido ao transporte e impostos. Por exemplo, em um posto no bairro Santa Rita, a gasolina está saindo a R$ 5,78. 

“Está difícil viver nesse Brasil, porque as coisas sobem a cada minuto. E o salário da gente está só para baixo e não está acompanhando. Aí, está ficando difícil”, reclamou a inspetora, Daiana Soares, ao abastecer o carro em Três Lagoas.  

JPNEWS: BANNER FAMÍLIA É TUDO 14.05 A 23.12.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a estatal, esse é o primeiro reajuste deste ano. Os últimos aumentos do preço do produto foram em 21 de outubro de 2023, quando houve redução de 4% e em 16 de agosto de 2023, um crescimento de 16%.

De acordo com alguns empresários do ramo, o mercado está instável e um novo reajuste ainda está programado para este mês de julho. Com isso, os motoristas já compram a gasolina 20 centavos mais caro desde 1 de julho.

Já para o gás GLP, a Petrobras ajustará os preços de venda para as distribuidoras que passará a ser em média equivalente a R$ 34,70 por botijão de 13 Kg, um aumento equivalente a R$ 10,00, em Três Lagoas.

Muitas distribuidoras não repassaram o reajuste por ter o produto em estoque. Então, o botijão de 13 Kg ainda pode ser encontrado por R$ 115,00, mas o trabalhador brasileiro sabe que no final das contas quem paga é ele.

“É sempre mais um aumento. E qual que é a justificativa deles? Não tem justificativa. O álcool é nosso. E a gasolina? É mais uma que a gente vai ter que engolir. Fazer o quê”, lamentou o motorista e encarregado de manutenção, Lucas Plácido.

Veja mais na reportagem abaixo: 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas