Três Lagoas, 26 de outubro
26º C
(67) 99229-0519

Gestante é agredida no meio da rua pelo marido, em Três Lagoas

Suspeito fugiu assim que a equipe policial chegou ao local

Por Tatiane Simon
06/10/2021 • 11h02
Compartilhar

Uma mulher de 39 anos, moradora do bairro São Jorge, em Três Lagoas, foi vítima de violência doméstica. O autor, segundo a vítima, é o marido, de 55 anos, e teria fugido assim que a equipe policial chegou ao local. O caso ocorreu na rua Wilson Carvalho Viana, nesta terça-feira (5) por volta das 17h30. 

De acordo com o registro policial uma equipe do 2º batahão de Polícia Militar foi acionado para atender a ocorrência devido à gravidade da ocorrência e as lesões que a mulher apresentava. Caso será acompanhado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil.

Assim que a PM chegou no local encontrou com a vítima coberta por sangue. Familiares relataram que o serviço de atendimento móvel de urgência tinha sido acionado. A vítima narrou aos policiais que esta grávida de cinco meses e que teve um relacionamento amoroso com o autor durante cinco meses, mas que estavam separados há três meses. O agressor é o pai da criança;

JPNEWS: BANNER TRANSFORMAÇÃO DE 15.10 A 31.12.2021
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ela contou que na tarde de terça-feira foi buscar o filho na escola e quando estava retornando para sua residência foi abordada pelo autor. Ele parou a motocicleta do lado da mulher desceu e começou agredi-la na rua mesmo. A mulher, no entanto, correu para dentro de sua casa e continuo com as agressões. Ela contou que o autor puxou seu cabelo, jogou a mulher no chão onde foi agredida com socos e chutes na face e por várias partes do corpo.

Durante as agressões o autor pegou uma chave de fenda e tentou golpear a mulher por várias vezes. A filha da vítima uma criança conseguiu agarrar o autor e tirar a chave das mãos dele. Ela foi atendida pelo samu e encaminhada para Unidade de Pronto Atendimento médico.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews