RÁDIOS
Três Lagoas, 30 de junho

Governador já está em Três Lagoas para cumprir agenda

Entres os atos, o chefe do Executivo Estadual irá inaugurar o Hospital Regional de Três Lagoas

Por Flávio Veras
23/06/2022 • 08h13
Compartilhar

O Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) já chegou em Três Lagoas para cumprir agenda na na cidade nesta quinta-feira. Entre os atos programados, está a inauguração do Hospital Regional (HR) Magid Thomé e assinar a ordem de serviço para outras obras de infraestrutura.

O primeiro compromisso do chefe do Executivo Estadual é a assinatura de ordem de início de serviço para obra de pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais e urbanização da Avenida Custódio Andrews, estimada no valor de R$ 15,023 milhões. 

No mesmo local, Azambuja também assinará a autorização que firmará o convênio para execução de obra de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais no Bairro Vila Nova II e o Bairro Alvorada, no valor de R$ 10,759 milhões.

JPNEWS: BANNER SICOOB NOSSO DE 06.04 A 05.07 - BONIFICAÇÃO PI 131.73
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governador também assinará a autorização para licitação da obra de construção de ponte em concreto sobre o Ribeirão Campo Triste, localizada na Rodovia Vicinal. Essa obra irá custar R$ 1,615 milhões. 

Por fim, nesta primeira agenda, o governador também assina convênio para execução de obra de recomposição de revestimento primário de acesso ao Porto/Pedreira, orçada em  R$ 3,635 milhões.

Às 9h30, ele segue para o Hospital Regional da Costa Leste Magid Thomé. Às 10h30,no mesmo local, ele concederá entrevista coletiva. 

Na parte da tarde, Azambuja também cumprirá outras agendas. Às 13h ele irá até a MS-320 e no local para vistoriar a obra de implantação e pavimentação asfáltica da rodovia, orçada em R$ 76,859 milhões.

Às 15h30, o governador cumpre agenda no Ginásio Poliesportivo Professor Eduardo Antônio Milanez para o lançamento de novos investimentos que somam R$ 106,8 milhões.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews