RÁDIOS
Três Lagoas, 21 de maio

Novas câmeras de segurança em Três Lagoas terão inteligência artificial e reconhecimento facial

Equipamentos deverão estar funcionando até o final de junho ou começo de julho

Por Any Galvão
16/05/2024 • 12h19
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

Com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade e proporcionar uma cidade mais tranquila e segura, a Prefeitura de Três Lagoas está investindo na instalação de câmeras de monitoramento.

A cidade já conta com 36 equipamentos em pontos estratégicos, instalados em junho de 2015. A central de monitoramento está localizada no 2º Batalhão da Polícia Militar. Porém, devido ao crescimento da cidade e ao aumento da criminalidade, incluindo a depredação do patrimônio público, a prefeitura decidiu expandir o sistema de videomonitoramento.

De acordo com o secretário de Administração, Gilmar Tabone, apesar de serem de alta resolução, as 36 câmeras instaladas no município já estão ultrapassadas. Diante deste cenário, serão instalados 210 novos equipamentos de segurança, em 65 pontos de Três Lagoas, visando melhorias na segurança pública.

JPNEWS: BANNER  CASA DOS SONHOS CONTR. 28807 01.02 A 31.10.2024 ATUAL. 05.04.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com investimentos de mais de R$ 2,5 milhões, a empresa Camerite foi contratada pela prefeitura para realizar a instalação das novas câmeras. O prazo para a conclusão e ativação de todos equipamentos é de 90 dias, junto com uma nova central de monitoramento que será gerida pelo 2º Batalhão da Polícia Militar.

O secretário acredita que os novos equipamentos estarão operacionais antes do prazo estipulado. “A empresa já está operando na instalação há 30 dias, mas eles garantem que nos entregam as câmeras prontas antes. Acreditamos que até o final de junho ou começo de julho, os equipamentos já estarão funcionando”.

Além da Polícia Militar, a Polícia Civil também terá acesso ao sistema de monitoramento para utilizar durante operações imediatas, como em casos de homicídio. As câmeras possuem um aplicativo que armazena as imagens por até 30 dias, facilitando o acesso da Polícia Civil a essas gravações. Enquanto isso, a Polícia Militar realizará o monitoramento 24 horas direto na central do 2º Batalhão.

Serão instalados dois tipos de câmeras com diferentes tecnologias. Um tipo permite a leitura de placas de veículos, embora não tenha função de aplicar multas. O outro utiliza inteligência artificial para buscas aprimoradas, como a identificação de veículos com base em nas características, mesmo sem a leitura da placa. Algumas câmeras também possuem tecnologia de reconhecimento facial.

Confira a reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas