Três Lagoas, 05 de agosto(67) 99229-0519
JPNEWS: CMTL AGOSTO PI 1524

Primeira UTI Neonatal de Três Lagoas completa três anos

A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) foi a primeira na interiorização desse tipo de atendimento

Por Redação
30/11/2018 • 16h27
Compartilhar

Há três anos Aline de Sousa Santos foi levada às pressas para o hospital. Ela estava grávida de 34 semanas e teve um quadro de pré-eclâmpsia. Era novembro de 2015 quando a pequena Amanda nasceu. Prematura, ficou quatro meses na incubadora da recém-inaugurada “UTI Neonatal” do Hospital da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems), em Três Lagoas. A criança recebeu todos os procedimentos adequados diante à situação e atualmente tem uma vida saudável.

“Eu só tenho a agradecer pela vida da minha filha. O atendimento que tivemos garantiu que ela estivesse aqui hoje”, contou Aline, durante uma festa em homenagem aos pais e crianças que receberam atendimento na unidade médica, nesses últimos anos.

Cerca de 40 crianças, acompanhadas dos pais, participaram da festa. “Hoje é dia de comemorar a vida dessas crianças. Nesses três anos foram mais de 200 atendimentos. A nossa equipe está muito grata e feliz por ver todas elas saudáveis”, declarou a coordenadora médica da UTI Neonatal, Luciana Yanase Trajano dos Santos.

O conselheiro da Cassems, Roberto Botareli, reforçou a importância que a UTI Neonatal representa não apenas para Três Lagoas, mas para toda a região da Costa Leste de Mato Grosso do Sul. “A UTI Neonatal do Hospital Cassems, na cidade, foi uma grande conquista. É a única unidade de tratamento intensivo para recém-nascidos de toda a região do Bolsão e nós temos que comemorar todos os anos as vidas que contribuímos para salvar”,  considerou Botareli.

O diretor de Unidades Hospitalares da Cassems, Flávio Stival, parabenizou a equipe pela atuação responsável e comprometida. Também reafirmou o compromisso do hospital para com a população. “O próximo passo é estender o nosso atendimento para o SUS (Sistema Único de Saúde). Para isso ocorrer já estamos em tratativas para a contratualização com o poder público municipal. Assim, vamos beneficiar ainda mais a população local”, concluiu Stival.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS