RÁDIOS
Três Lagoas, 13 de julho

Três Lagoas contabiliza 169 casos de conjuntivite

Período de tempo seco, com baixa umidade e clima mais ameno, favorece a contaminação pela doença

Por Emerson William
16/06/2024 • 07h00
Compartilhar

Dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) revelam que Três Lagoas já registrou 169 casos de contaminação por conjuntivite, entre janeiro e maio deste ano. O período de tempo seco, com baixa umidade e clima mais ameno, favorece a contaminação pela doença- que é altamente contagiosa, podendo ser transmitida por vírus ou bactéria, após contato com alguma superfície contaminada.

A previsão, segundo meteorologistas, é de que o inverno neste ano seja ainda mais seco, com recordes de baixa umidade relativa do ar. De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Adriana Spazzapan, o momento é de cuidado. “Temos um número maior de atendimentos para conjuntivite nesta época do ano. Vale ressaltar a necessidade de prestar maior atenção na higienização dos olhos, para uma melhor prevenção. E evitar o contato com quem tenha sintomas ou esteja confirmado para a doença.”

A higienização das mãos deve ser frequente e contínua, com o uso de água e sabão, além do álcool em gel 70%.

Os sintomas são fáceis de identificar: olhos avermelhados, coceira, sensação de areia nos olhos, visão borrada e maior sensibilidade à luz. Apenas um ou os dois olhos podem ser contaminados.
A recomendação, nestes casos é buscar por atendimento médico e evitar a automedicação ou aplicação de colírios sem orientação, o que pode agravar o caso.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas