RÁDIOS
Três Lagoas, 14 de abril

Três-lagoense deve gastar R$ 219 com presentes na Páscoa, aponta pesquisa

Feriado deverá movimentar R$ 338 milhões, em Mato Grosso do Sul

Por Any Galvão
26/03/2024 • 09h49
Compartilhar

O comércio vive boas expectativas com a chegada da Páscoa, especialmente as lojas que vendem chocolates. Apesar dos preços elevados dos ovos de Páscoa, espera-se um aumento de 26% nas vendas em comparação ao ano anterior.

A menos de cinco dias do feriado, a procura por ovos de chocolate ainda é baixa nos supermercados e lojas. Um gerente de supermercado, que preferiu não ser identificado, confirmou que as vendas de ovos este ano foram consideravelmente menores do que no ano passado.

Apesar disso, as projeções para a Páscoa de 2024 indicam que o feriado movimentará cerca de R$ 338 milhões, em Mato Grosso do Sul, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa da Fecomércio.

JPNEWS: BANNER RCN NOTICIAS PATROCINADO ATUALIZADO 27.03.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul (Fecomércio), em Três Lagoas, 44,57% dos consumidores entrevistados pretendem presentear com ovos de Páscoa, com um gasto médio estimado em R$ 219.

No início do mês, o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Três Lagoas divulgou uma pesquisa de preços dos ovos de Páscoa, revelando que nos mercados, os preços variaram de R$ 79,99 a R$ 349,99, enquanto nas lojas essa variação foi de R$ 19,99 a R$ 149,99. Diante desses valores elevados, algumas famílias estão optando por caixas de bombons como alternativa.

O aumento nos preços dos ovos de Páscoa, que pode chegar a 20%, é atribuído principalmente ao aumento no custo da matéria-prima, o cacau, devido às adversidades climáticas. Com os últimos dias que antecedem o domingo de Páscoa, a estratégia dos consumidores é sair às ruas e pesquisar os melhores preços antes de realizar as compras.

Veja a reportagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas