OBSERVATÓRIO

Descontentes terão de tentar nova ação

Por Redação
01/07/2017 • 13h03
Compartilhar

A primeira tentativa de resolver a questão envolvendo a Zona Azul não deu certo. O MP pedia, em liminar, a suspensão do serviço oferecido nos moldes atuais. A justiça, cautelosa, optou por manter o curso normal do processo e não interferir. Talvez prevendo problemas ainda maiores pela frente, inclusive. Assim, a frustração foi geral. Mas isso não significa que os descontentes perderam a causa. Vereadores, a prefeitura, os usuários e os comerciantes prometem buscar outros mecanismos que possam solucionar os problemas e eliminar as reclamações sobre a Zona Azul, o serviço de estacionamento rotativo da área central de Três Lagoas. A batalha continua. Reflexos de um contrato bizarro.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Observatório

VEJA MAIS