OBSERVATÓRIO

Renée Venâncio fala em câmara

Leia a coluna observatório, publicado na edição deste sábado (22) do Jornal do Povo

Por Redação
22/04/2017 • 09h15
Compartilhar

DISPUTA

De olho nas eleições 2018, os interessados em concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado começaram a apontar o dedo pros adversários. A partir de agora ,o meio político volta a ficar movimentado.

FILA

A fila dos interessados em receber a benção do prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) começou a aumentar. Além dos que juram já terem sido abençoados, tem os que optaram por esperar os próximos meses. Questão de segurança. O meio político é dinâmico.

DOBRADINHA

Há quem diga que o vice-prefeito de Três Lagoas, Paulo Salomão (PSDB), deve disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. Assim, deve ocorrer uma dobradinha com o presidente da Câmara de Vereadores, André Bittencourt, que deve disputar uma vaga na Assembleia Legislativa.

CHEGANDO AO FIM

A novela envolvendo a Zona Azul parece estar chegando ao fim. Nos bastidores do poder, a informação é de que a empresa responsável pela exploração do serviço pode mesmo desistir de continuar operando. A semana promete ser reveladora. A Justiça ainda não decidiu sobre oi pedido de cancelamento feito pelo Ministério Público Estadual.

RECLAMAÇÃO 

Enquanto muitos celebram a chuva que cai sobre a cidade, o secretário de Infraestrutura do Município, Dirceu Deguti, sabe que a água acaba provocando novos problemas. Apesar dos esforços, os buracos insistem em surgir. As reclamações também.  

INTIMADO

O vereador Renée Venâncio (PSDB) usou a tribuna da Câmara de Três Lagoas nesta terça-feira (18) para dizer que recebeu uma notificação da Justiça Eleitoral para apresentar defesa em relação a uma ação movida contra ele pela coligação que apoiava o candidato a prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB), que pede a cassação do seu mandato. Renée alega ser vítima de perseguição por parte do prefeito. De acordo com o parlamentar, os representantes de Guerreiro ingressaram com a ação na Justiça pelo fato dele ter postado nas redes sociais fotos com o uniforme da Polícia Federal, instituição que representa

PREFEITO

Já a defesa do prefeito alega que essa situação se trata-se de um processo iniciado durante a campanha das eleições municipais de 2016, quando o candidato a vereador Renée Venâncio usou o seu perfil no Facebook para ofender e caluniá-lo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Observatório

VEJA MAIS