RÁDIOS
Campo Grande, 21 de maio

Commodities brasileiras sob risco por falta de hedge

Especialista explica porque a ferramenta é importante para a economia local e as vantagens a longo prazo do uso dessa estratégia

Por Redação CBN CG
02/05/2022 • 11h28
Compartilhar

Enquanto no Brasil menos de 10 por cento dos agricultores utilizam instrumentos como o hedge para proteger os investimentos da volatilidade no mercado internacional, nos Estados Unidos esse índice atinge 85 por cento dos produtores de grãos, de acordo com o consultor e advisor, Maurício Bellinelo. O especialista participou do Jornal CBN Campo Grande nesta segunda-feira (2) e fez um alerta para o mercado de commodities no país.

Bellinelo explicou que o conceito de hedge foi criado em meados do século XIX por agricultores norte-americanos para a defesa dos preços dos grãos na Bolsa de Chicago, a principal instituição financeira relacionada às commodities agrícolas, e se tornou a principal estratégia de defesa desse mercado, pois fornece algum tipo de previsibilidade de preços, tanto para oferta quanto para a demanda.

Acesse o link abaixo e entenda mais:

RCN 67 TODAS AS PAGINAS: BANNER RCN EM AÇÃO MUSSAK DE 02.03 A 01.06.2022
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maurício Bellinelo fará palestra em Campo Grande no próximo dia 17, na agenda do maior ciclo de eventos corporativos de Mato Grosso do Sul, promovido pelo Grupo RCN de Comunicação e 067 Vinhos.  Os ingressos serão distribuídos para convidados do setor do agronegócio e também por meio de sorteio.

As inscrições para o sorteio de ingressos do evento são gratuitas e podem ser feitas pela internet no site https://cbnemacao.rcn67.com.br/

Informações sobre o RCN Agro podem ser feitas pelo telefone (067) 3029 9370.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande