RÁDIOS
Campo Grande, 15 de julho

Sala itinerante levará capacitação aos profissionais do campo em municípios de MS

Programa surgiu da parceria entre Famasul e a Bayer e está previsto para iniciar em 2022

Por Giovanna Dauzacker
02/12/2021 • 14h33
Compartilhar

Levar conhecimento aos profissionais do campo em municípios de Mato Grosso do Sul. Esse é o objetivo da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul) e da Bayer, que firmaram parceria nesta quinta-feira (02). A instituição percorrerá o Estado com a capacitação por meio de uma sala itinerante, equipada com simuladores disponibilizados pela empresa.

Equipamentos ficarão na Cara Rural, mas em 2022, percorrerão Estado dentro da sala itinerante.

Os treinamentos serão sobre boas práticas na aplicação de defensivos agrícolas, ministrados por técnicos do Senar/MS. “A parceria é no sentido de levar melhores técnicas e conhecimentos, treinamento aos produtores em relação à aplicação dos insumos. Qual a melhor forma de aplicar, como aplicar de forma a economizar os insumos na aplicação e a ter menos impacto ambiental”, explica o superintende do Senar, Lucas Galvan.

As aulas teóricas e práticas ainda serão planejadas, mas a intenção é de que a iniciativa, que faz parte do Programa “I2X Acerte - Boas Práticas de Aplicação”, comece a percorrer o Estado já no início do ano que vem. “A ideia é rodar os principais municípios produtores de soja e milho, levando esse conhecimento ao produtor e num segundo período, voltar a falar sobre plantabilidade e colheita, que são os três principais fatores que determinam o sucesso produtivo das culturas no Estado”, continua Galvan.

Os interessados, em cada município onde a unidade móvel passar, deverão procurar o sindicato rural para se inscreverem.

Presidente da Bayer destaca informação como forma de melhorar resultado na agricultura brasileira.

Para a presidente da Bayer, Malu Nachreiner, a informação é o principal meio de impulsionar a agricultura, não só de Mato Grosso do Sul, como no país. “É uma parceria de longa data e o grande objetivo é como que nós podemos, juntos, contribuir para que a gente tenha uma agricultura, lá na ponta, com os agricultores, mais eficiente, com mais informação, tecnologia de ponta para que esse produtor possa produzir mais e de maneira mais sustentável”.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande