Paranaíba, 26 de setembro
30º C
(67)99272-4655

Diagnósticos aumentam e preocupam especialistas

Caps de Paranaíba realizou atividades para chamar a atenção sobre o tema

Por Talita Matsushita
07/09/2019 • 07h34
Compartilhar

O Ministério da Saúde vai aproveitar setembro, mês de conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio, para enfatizar a necessidade de atenção especial com o bem-estar e a saúde mental de crianças e adolescentes. O foco das ações desenvolvidas pela pasta durante o Setembro Amarelo será o público jovem, no qual vem aumentando o número de casos e de tentativas de suicídio. 

Na terça-feira, dia 3, o Caps (Centro de Apoio Psicossocial) promoveu uma caminhada para chamar a atenção para o tema.
A psicóloga Cristiane Buso afirma que a depressão atinge cada vez mais crianças e jovens, e muitas vezes a doença é vista como frescura ou falta de vontade. “A depressão é uma insatisfação dentro do contexto que a pessoa vive. Não é somente a questão material e na era da internet é tudo lindo, inclusive a felicidade, ninguém posta que está triste”, explicou.

A psicóloga ainda orientou que uma das melhores ajudas para uma pessoa com depressão é ouvir, oferecer carinho e não fazer comparação, como por exemplo, dizer que a pessoa tem tudo e outras não tem. “Pessoas muito irritadas, nervosas, perdem o estímulo, e isso também acontece com crianças. Tem também a questão física que pode ser roer unha”, orienta.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS