RÁDIOS
Três Lagoas, 15 de julho

Jovem vítima de tentativa de homicídio morre após ficar 10 dias internado

Suspeito do crime é procurado pela Polícia Civil e a motivação teria sido passional

Por Alfredo Neto
30/11/2021 • 19h25
Compartilhar

Morreu na tarde desta terça-feira (30) Kaue Marques dos Santos, que tinha 18 anos e havia sido vítima de uma tentativa de homicídio, na madrugada do dia 21 deste mês, no bairro Guanabara, região Sul de Três Lagoas.

Kaue Marques dos Santos estava internado no Hospital Auxiliadora desde que foi baleado em um clube de festa no bairro Guanabara. Ainda na madrugada do dia 21, a Polícia Militar teria sido chamada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para onde Kaue havia sido levado por populares.

Na UPA os policiais militares foram informados por terceiros que a vítima havia sido socorrida até lá por algumas pessoas e essas mesmas teriam dito que o jovem estava em um bar e quatro homens teriam chegado ao local e um sacado o revólver e disparado por quatro vezes contra Kaue, que foi alvejado no abdômen, tórax e antebraço.

JPNEWS: BANNER FAMÍLIA É TUDO 14.05 A 23.12.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante o início da manhã de domingo (21) Kaue Marques dos Santos foi transferido para o Hospital Auxiliadora. Em nota, a direção do hospital informou que a vítima havia dado entrada na emergência do pronto-socorro, vítima de disparo de arma de fogo e que o quadro de saúde era estável e não inspirava risco de morte.

Após 10 dias internado Kaue Marques dos Santos não resistiu a luta pela vida e veio a óbito. A assessoria de comunicação do Hospital Auxiliadora foi procurada por nossa reportagem, para explicar as causas do agravamento que levaram a morte do jovem. Em nota a assessoria informou que devido a um agravamento no quadro clínico, Kauê acabou evoluindo para o óbito que foi confirmado às 16:35 desta terça-feira.

O principal suspeito do homicídio foi identificado como Jean Raldi e para a Polícia Civil, ele é considerado como procurado, já que o mesmo não teria se apresentado na delegacia para dar sua versão do que teria acontecido.

Informações repassadas para a polícia são de que Jean Raldi teria disparado contra Kaue por motivação de um desentendimento passional entre os dois motivado por uma disputa entre uma garota. A Polícia Civil trabalha com todas as hipóteses, mas esta é a informação repassada até o momento.

O SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil pede para quem souber onde Jean Raldi pode ser localizado, entrar em contato pelos telefones (67)3929 1173, (67) 3521 4984, e no WhatsApp (67) 9 92268210. As denúncias podem ser feitas anonimamente.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas