Três Lagoas, 05 de agosto(67) 99229-0519
JPNEWS: CMTL AGOSTO PI 1524

Barco de R$ 93 mil é a 'coqueluche' no 8º Torneio de Pesca

Embarcação, que custa em torno de R$ 93 mil, será sorteada neste sábado (13), com motor Yamaha F90, carreta ODNE e um Jack plate

Por Jonas Turolla
12/05/2017 • 14h14
Compartilhar

Prêmio principal da 8ª edição do Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas, que acontece no Balneário Municipal desde a última quinta-feira (11), a embarcação Mega Bass Master é a verdadeira 'coqueluche' dos pescadores.

O barco, que custa em torno de R$ 93 mil, será sorteado neste sábado (13), com motor Yamaha F90, carreta ODNE e um Jack plate. Competidor de Itapura/SP, Fernando Vitkusakas explicou o porquê do barco ser tão cobiçado pelos pescadores.

"Quem é pescador esportivo adora o Mega Bass. Ele é um barco de plataforma, muito rápido. Para você ter uma ideia, um ponto que você demoraria 40 minutos para chegar com uma embarcação de pequeno porte, você chega com ele em 10 minutos. Isso te dá muito ganho, muita agilidade. Com ele, você pode visitar, em um dia, mais pontos para pescar", afirmou.

Para o presidente da Apetl (Associação de Pesca Esportiva de Três Lagoas), Claudio Kenzo, a possibilidade de ganhar um barco deste tipo é um 'atrativo' a mais para o torneio. "Esse barco é todo plataformado, de fibra de vidro. Para você ter uma ideia, só a embarcação, sem nada, custa cerca de R$ 40 mil. Aí tem o motor, que custa em torno de R$ 40 mil também... enfim, tem gente que viajou mais de 1.600 km para competir no nosso evento e tentar ganhar essa embarcação", revelou.

As premiações do torneio - entre elas, o Mega Bass Master - serão sorteadas entre todas as equipes participantes do evento, exceto as que forem desclassificadas por algum artigo descrito no regulamento. Mais de 700 pescadores estão inscritos na 8ª edição do Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas, que termina neste sábado (13).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS