Três Lagoas, 18 de setembro
29º C
(67) 99229-0519

De laquê a facas: veja o que é apreendido no aeroporto de Três Lagoas

Lista tem faca de cozinha, estiletes, fluido para isqueiro, canivetes e armas de brinquedo

Por Sergio Colacino
03/01/2018 • 06h30
Compartilhar

A lista com os itens proibidos está presente no momento da compra do bilhete de passagem na internet. Antes do embarque, uma placa indicando o que é permitido levar no avião também orienta o passageiro, no aeroporto de Três Lagoas. Mesmo assim, o número de objetos apreendidos assusta: são facas dos mais variados tamanhos, armas de brinquedo, sprays para cabelo e até canivetes.

“Se o passageiro está acompanhado, ele pode deixar esse objeto com um familiar ou amigo. Às vezes é possível também despachar alguns itens na bagagem, acionando a companhia aérea. Caso contrário, o produto fica retido”, explica a superintendente do aeroporto, Sayuri Baez.

Pela resolução da Anac (agência Nacional da Aviação Civil) é proibido transportar explosivos, gases, líquidos e sólidos inflamáveis (como fluidos de isqueiros e palitos de fósforo, por exemplo), além de oxidantes e corrosivos. Facas, talheres, tesouras, estiletes e ferramentas devem obrigatoriamente ser despachados. Sprays e desodorantes só são permitidos com volume até 300 ml.

JPNEWS: CONQUISTA SEGUROS BONIFICAÇÃO CONTRATO 37546
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Falta um pouco de informação para as pessoas e às vezes na pressa, na hora de fazer a mala, acaba passando algum objeto proibido”, avalia Sayuri.

Tudo que vai para a sala de embarque passa pela segurança do aeroporto. Os agentes utilizam detectores de metais e aparelhos de raio-X para verificar a bagagem de mão dos passageiros. “São medidas de segurança adotadas em todo o país. Nosso aeroporto está preparado para atender a essas regras”, completa a superintendente.

Entre outros objetos curiosos, estão uma chave inglesa, uma espada e um revólver de plástico, uma chave de fenda e uma navalha.  

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS