RÁDIOS
Três Lagoas, 21 de maio

Drone transportando droga e celular é abatido sobrevoando penitenciária de Três Lagoas

O drone avaliado em R$15 mil pode ser pilotado a uma distância de cinco quilômetros

Por Israel Espíndola
13/05/2022 • 07h32
Compartilhar

Policiais penais abateram a aeronave não tripulada sobrevoando a Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas, Na tarde de quinta-feira (12).

O drone avaliado em R$ 15 mil, transportava 919 gramas de maconha e um aparelho celular. O equipamento do modelo DJI Inspire 1 V2.0 – T 601 e segundo as informações da fabricante, aeronave pode ser pilotada a uma distância de cinco quilômetros e sua capacidade de carga é de até 20litros.

De acordo com as informações repassada pela assessoria de imprensa da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), informou que toda a ação aconteceu por volta das 13h50, quando um policial penal do GEP, que atuava em uma das torres do presídio, ouviu o barulho do drone e, ao constatar que estava em local seguro, ainda vindo sobre a mata, conseguiu abater o equipamento, que transportava 919 gramas de maconha e um aparelho celular.

JPNEWS: BANNER SICOOB NOSSO DE 06.04 A 05.07 - BONIFICAÇÃO PI 131.73
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o comandante do GEP, Claudiomar Suszek, a tentativa de arremesso durante o dia se deve às seguidas interceptações pelos policiais penais de ilícitos lançados no período noturno, impedindo que os materiais chegassem às mãos dos detentos. A intenção seria que os internos, durante o banho de sol, conseguissem pegar o que foi arremessado.

O uso de drone para arremessos de ilícitos na penitenciária de Três Lagoas é uma prática que vem sendo registrada após ter sido instalada uma cerca perimetral no local pela direção do presídio, que dificultou os arremessos manuais.

“No entanto, o trabalho atento dos nossos policiais penais tem conseguido interceptar esses arremessos e agora lograram êxito também na interceptação do drone”, parabeniza o diretor da PTL, Raul Ramalho.

O drone e os ilícitos apreendidos foram encaminhados para delegacia de Polícia Civil para registros necessários. Não foi possível identificar quem pilotava o equipamento.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews